Posts sobre "Charcutaria e Homebrewing "

Conceito de setpoint e histerese em controladores e como configurar

13/04/2022 - Aquecimento, Charcutaria e Homebrewing, Refrigeração
Se você trabalha com controle de temperatura para aquecimento ou refrigeração, você provavelmente já deve ter visto em algum material as palavras setpoint e histerese, mas você sabe o que realmente significa? Essas palavras em controladores de temperatura estão ligadas a parâmetros de funções dos mesmos. Neste artigo você encontrará os significados dessas palavras e como se relaciona com o controle de temperatura, você acompanhará sobre: O que é setpoint?O que é histerese?Como configurar setpoint e histerese O que é setpoint? A palavra setpoint significa “ponto de ajuste”, este é o parâmetro mais simples do controle de temperatura, nele o usuário escolhe o valor de temperatura na qual o sistema deve manter, ou seja, o setpoint é o valor de temperatura em que a carga irá desligar. Por exemplo, um usuário montou uma cervejeira, e o mesmo precisa que as cervejas fiquem com -3°C, então o setpoint deve ser -3. O que é histerese? A palavra histerese significa “atraso”, essa é uma função disponível nos controladores de temperatura que tem como objetivo definir a diferença de temperatura na qual o sistema irá ligar novamente, após desligar pelo setpoint. A histerese é realizada através do atraso de liga e desliga das cargas*. Isso ocorre pois, com um valor predefinido de histerese superior a 0,1ºC, as cargas não são acionadas e desacionadas repetidas vezes, quanto maior o valor escolhido desse parâmetro menor será a quantidade de vezes que a carga será acionada e maior a variação de temperatura. OBS*: Carga = elemento que é acionado pelo controlador, exemplos: Compressor, resistência, contator, bomba, ventilador, etc. Afinal, para que serve histerese?  Supondo que um usuário possui um sistema de refrigeração na qual a temperatura deve ser de 5ºC. O compressor deve, obrigatoriamente, desligar em 5ºC pois, caso contrário, o sistema irá atingir uma temperatura muito inferior a 5ºC. A histerese serve para definir qual será a temperatura que o compressor irá ligar novamente. Então, por exemplo, caso a histerese seja de 2.0 nesse sistema, a carga irá ligar em 7ºC, que seria 5 + 2 = 7. Ou seja, nesse sistema, o compressor desliga em 5ºC e liga novamente em 7ºC. Outro exemplo, temos um sistema de aquecimento onde o setpoint é de 46°C e a histerese está definida em 5°C. A temperatura irá subir até 46°C e desligará a resistência, , com isso a temperatura irá baixar até chegar em 5°C a menos que nosso setpoint, ou seja, 41ºC, então acionará novamente a carga. Configuração do setpoint e histerese do controlador: Os parâmetros de histerese e setpoint possuem valores predefinidos de fábrica, mas esses valores devem ser alterados dependendo de qual equipamento e para que finalidade serão utilizados. Setpoint O parâmetro de setpoint dos controladores Ageon é alterado na tela inicial do controlador ao pressionar a tela “SET”. Em alguns modelos de controladores, como a Linha Black, o setpoint também pode ser alterado no parâmetro “SP”. O acesso é feito através da tabela de parâmetros ou a partir da tela inicial do controlador. Você pode acessá-lo na tela inicial do controlador pressionando a tecla "SET";E com o auxílio das teclas para cima e para baixo definir o valor.Ou através da tabela de parâmetros, para isso, pressione as teclas para cima e para baixo ao mesmo tempo até aparecer "Cd";Pressione a tecla "SET" e coloque o código de acesso 28;Depois navegue até "SP" e defina o valor desejado; Histerese O parâmetro de histerese está disponível como “r0”, podemos mudar seu valor apenas pela tabela de parâmetros, para acessá-lo devemos: Pressione as teclas para cima e para baixo ao mesmo tempo até aparecer "Cd";Pressione a tecla "SET" e coloque o código de acesso 28;Depois navegue até "r0" e defina o valor desejado. O controlador da Linha Black A103 possui, além de r0, o parâmetro u0 que é referente à histerese do segundo estágio ou da segunda saída a relé. Ou seja, r0 e u0 são os parâmetros de histerese individuais das duas saídas a relé.Nos controladores diferenciais de temperatura (controladores de aquecimento solar, como Automasol TDI, TDA, A108) os parâmetros de histerese funcionam de uma forma diferente das citadas acima. A escolha do melhor valor de histerese depende de uma aplicação para outra, há sistemas em que a variação deve ser pequena (de 0,5 a 1 ºC) para conservar alguns tipos produtos que não podem ter uma variação de temperatura, e em outras aplicações é possível uma variação maior (de 3 a 6 ºC). Parâmetro C2 Além do parâmetro de histerese (r0), há um outro parâmetro que retarda o religamento da carga, esse parâmetro é o C2. O parâmetro C2 aplica um intervalo de tempo em que a carga ficará desligada após atingir o setpoint. Por exemplo, caso C2 = 3, após a carga desligar, a mesma ficará desligada por no mínimo 3 minutos, independentemente da temperatura medida no controlador. Este parâmetro serve para evitar que a carga ligue e desligue repetidamente. OBS: O parâmetro C2 possui uma prioridade maior que o parâmetro de histerese r0, ou seja, primeiramente o tempo de C2 deve ser alcançado para que a carga possa religar pela diferença de temperatura em r0. Como exemplo, em um sistema onde o setpoint de 10ºC e a histerese de 5°C, o parâmetro C2 definido em 3 minutos, o compressor irá desligar em 10°C e voltará a ligar quando a temperatura chegar em 15°C logo após aos 3 minutos de retardo do acionamento da carga. Por fim, podemos dizer que o setpoint é a temperatura onde a carga é desacionada, e a histerese é o valor onde a carga volta a acionar. Em controladores com controle PID não possuem os parâmetros de histerese, pois o controlador envia a carga somente a energia necessária para manter a temperatura. Venha conferir as diferenças entre um controlador on-off ou controlador PID. Se possuir alguma outra dúvida sobre o assunto ou outros deixe sua pergunta nos comentários. Ou você pode entrar em contato com nosso suporte técnico para esclarecer suas dúvidas com sua aplicação através dos nossos canais de comunicação: (48) 3028-8878 (48) 99996-0430 Ou entre em contato por WhatsApp

Como evitar problemas com sensores de temperatura

06/04/2022 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Refrigeração
Uma preocupação muito comum para quem trabalha com controladores de temperatura, é com problemas que podem ocorrer devido aos sensores de temperatura, que podem ser desde uma medida errada da temperatura, acionamento das cargas de forma inadequada, e até ao consumo de energia elevado. Com isso, possuem algumas ações a serem tomadas para que se possa ter um melhor aproveitamento do equipamento, que pode evitar os problemas com sensores de temperatura. Como melhorar a precisão do sensor de temperatura Em um sistema, dependendo de como um sensor for instalado, podem ocorrer alguns erros, para que possamos evitar devemos ter em mente algumas boas práticas, para que então obter os melhores resultados dos próprios sensores e, consequentemente, do controlador. Conhecer o sensor Algo fundamental para aumentar a precisão do sensor, é saber qual a sua faixa de medição, além do grau de proteção. Com essas informações é possível tomar algumas decisões da melhor forma posicionar no sistema. Posicionamento Sabendo das informações do sensor, agora podemos escolher o melhor lugar para posicioná-lo, para evitar problemas devemos instalá-los afastados de saídas de ar e de fontes de calor. Interferências externas O ambiente onde está instalado até ruídos eletromagnéticos, conseguem atrapalhar a medição de um sensor, e essas interferências podem ocorrer ao passar os cabos dos sensores separados de cabos de alimentação, ou utilizar cabos com mais de 100 metros de comprimento. Os sensores podem ser emendados, desde que sejam utilizados cabos blindados PP 2x24AWG ou 0.5mm (recomendado o uso de tubo termo retrátil para o isolamento). Recomendações gerais Se a divergência de temperatura persistir mesmo após seguir todas as dicas citadas acima, o que pode ser feito é a calibração do sensor. Dependendo do controlador que está sendo utilizado, os parâmetros de calibração são diferentes, para conseguir te auxiliar nessa função, deixamos abaixo uma tabela com os modelos de controladores e os parâmetros utilizados para essa finalidade. ProdutosParâmetros de calibraçãoAutomaSet T102r4AutomaSol TDICA1 e CA2AutomaSol TDACA1, CA2 e CA3Linha Black A102, Linha Black A103 PID,Linha Black A104r4Linha Black A103r4 e U4Linha Black A103 PID U r4 e U4Linha Black A106r4 e d9Linha Black A108C1 e C2Série H101, Série H103,Série H104, Série H105,Série H201 r4 Série H108rA e rbLinha Prime K116 BigDisplay r4 e d9 SmartSet One e Duor4SmartSet Maxr4 e r5SolarTouch SL1CA1 e CA2SolarTouch SL2CA1, CA2 e CA3SolarTouch SL3CA1, CA2, CA3 e CA4 Dessa forma, com as informações de boas práticas acima são pontos principais para que possa ter um melhor funcionamento e possibilita evitar os problemas com sensores de temperatura.Venha conhecer os nossos controladores de temperatura, e conhecer qual o melhor modelo para sua aplicação.

Como instalar o controlador de temperatura e umidade A103 PID U

03/03/2022 - Aquecimento, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras
Você está com dificuldades de instalar e configurar o controlador de temperatura e umidade A103 PID U? Mas antes de ver como realizar esses passos, vamos entender o porquê da utilização de controladores de temperatura e umidade. Esse controlador se faz necessário quando na aplicação precisamos medir e controlar essas duas variáveis quando as mudanças climáticas externas interferem internamente. Podemos encontrar esse controle adicional em charcutaria, chocadeiras, estufas, refrigeração, secagem de grãos e saunas. Instalação do produto: A instalação do produto com as conexões de alimentação, cargas e sensor, são feitas na parte traseira do produto. Mas, para ficar mais simples o entendimento de como é feito o processo, vamos separá-los em três partes. Sendo elas alimentação, saídas a relé e o sensor de temperatura e umidade. Alimentação: A alimentação do controlador é bivolt, porém a alimentação em 110V e 220V é feita de forma manual através de bornes diferentes Seleção de tensão em 110V: a ligação é realizada nos bornes 5 e 7;Seleção de tensão em 220V: os bornes utilizados são 6 e 7. Saídas a relé: Para a ligação das saídas a relé precisamos realizar a ligação entre os bornes 2 e 5 para redes 110V e entre 2 e 6 para redes 220V. As demais conexões são feitas para ligar as cargas ao produto. 1: borne da saída TRIAC para utilizar uma resistência;3: borne do relé auxiliar;4: borne do relé de umidade. Obs: todas as cargas conectadas ao produto, precisam ter um jump para o borne 7 (0V). Ligação do sensor de temperatura e umidade: O sensor que acompanha esse controlador possui três fios, nas cores vermelho, amarelo e preto. A ligação desse sensor é realizada da seguinte maneira: Vermelho no borne 10;Amarelo no borne 11;Preto no borne 13. Principais parâmetros: Para uma utilização mais simples, existem alguns parâmetros chave que utilizamos, sendo eles: SP - Setpoint de temperatura (TRIAC);SU - Setpoint de umidade;SA - Setpoint de temperatura auxiliar;r4 - Calibração do sensor de temperatura;u4 - Calibração do sensor de umidade;At - Ajuste automático dos ganhos do PID;L3 - Ação do controle auxiliar. SP - Setpoint de temperatura (TRIAC): Este parâmetro é para a escolha da temperatura que o controlador deve manter no sistema, se escolhermos aqui, por exemplo, 35°C, a saída TRIAC vai manter o ambiente nesta mesma temperatura, evitando oscilações. SU - Setpoint de umidade: Do mesmo modo, este é relacionado a umidade que deve ser mantida dentro sistema, esse parâmetro é necessário para o controlador posso acionar ou desacionar o umidificador ou então, o desumidificador. SA - Setpoint de temperatura Auxiliar: Assim como os anteriores, este controla a temperatura da saída auxiliar. Porém, para isso, depende do valor selecionado em L3 (ação do controle auxiliar). r4 - Calibração do sensor de temperatura: O parâmetro r4 é utilizado quando, por alguns fatores, a temperatura do sensor está diferente do padrão, então aumentamos e diminuímos a temperatura que o sensor está medindo. U4 - Calibração do sensor de umidade: Da mesma forma, utilizamos o parâmetro U4 para fazer a calibração da umidade medida no sensor. At - Ajuste automático dos ganhos do PID: Este parâmetro tem a função de ajustar os valores dos ganhos (proporcional, integral e derivativo) utilizados no controle PID. Ou seja, quando o valor parâmetro for 1, o ajuste vai estar em ação, ele irá controlar a temperatura e oscilar, porém quando o ajuste for finalizado, a temperatura tende a não sofrer alterações drásticas. Este parâmetro é utilizado, em muitos casos, no primeiro uso do controlador, para que possa controlar a temperatura com precisão para que possa ter um melhor aproveitamento. Pois, dependendo do tamanho do sistema e potência da resistência, interferem muito no controle PID. L3 - Ação do controle Auxiliar: E por fim, o parâmetro L3 onde selecionamos qual irá ser a ação da saída auxiliar do controlador, se L3=0 será uma saída para refrigeração, L3=1 a ação será de aquecimento ou então L3=2 estará disponível como timer cíclico. E essa é forma de instalar o controlador de temperatura e umidade da Ageon, Ficou com alguma dúvida? Você pode acessar o manual aqui. Se preferir entre em contato com nosso suporte técnico através dos canais: (48) 3028-8878 (48) 99996-0430 Ou entre em contato por WhatsApp.

As vantagens do controlador de temperatura AutomaSet T102 da Ageon

02/02/2022 - Aquecimento, Charcutaria e Homebrewing, Refrigeração
O AutomaSet é um controlador de temperatura que possui algumas vantagens comparado com outros controladores de embutir do mesmo funcionamento. Nesse sentido, o controlador é versátil e simples.Dentre seus diferenciais destacamos: Alimentação; Saída a relé; Fixação de sobrepor; Simplicidade de manuseio. Alimentação: Ao começar a falar sobre a facilidade do controlador destacamos como realizamos a alimentação do produto. A forma de ligação do AutomaSet é feita apenas utilizando dois bornes. Isso ocorre, pois o controlador tem uma fonte chaveada que possui uma maior qualidade e durabilidade. Além disso, a fonte chaveada é bivolt automático, ficando na faixa de 85V a 265V. A vantagem é que a instalação é facilitada, evitando os erros de ligação devido às diferenças de tensão de cada parte do país. E assim tendo uma margem de proteção contra variações de tensão dentro da faixa de funcionamento. Saída a relé: Do mesmo modo a saída a relé tem a característica de ser simples de utilizar. Sem a necessidade de ter que conectar a fase de alimentação com a saída relé. Sendo assim, facilitando a instalação do produto sendo necessário somente a conexão na rede elétrica e outra para o relé. Isso acontece, pois o AutomaSet tem na sua placa um jumper interno que desobriga o uso dele externamente. Fixação: A fixação do controlador AutomaSet é diferente comparado com controladores de embutir padrões de mercado. Por outro lado, o padrão de fixação do T102 é de sobrepor, sendo fixado em caixas elétricas 4x2 ou em qualquer superfície plana. Com um parafuso e pendurado com o gancho que tem por trás do produto, ou usar a furação da caixa elétrica. Com isso, não necessita de fazer corte no material utilizado para fixação, economizando tempo e dinheiro com a aquisição de ferramentas específicas para essa finalidade. Uso do controlador: O AutomaSet T102 possui muitas características simples e fáceis, e com o uso dele não pode ser diferente. Configuração e uso são feitas com o apoio de apenas quatro teclas. A tecla para cima e para baixo, usadas para aumentar e diminuir os valores e navegando pelos parâmetros. A tecla "SET", usada para acessar o "set point" é feita direto na tela inicial pressionando a tecla, e na tabela de parâmetros, pressionando acessa o parâmetro para editar. Por fim, a tecla "PUMP" na tela inicial, permite entrar no Modo "Standby", basta mantê-la pressionada, e na tabela de parâmetros irá mostrar a versão do firmware.Outro ponto no controlador é seu visor, o display tem fácil visualização das temperaturas, e dos estados do relé se está ligado ou desligado. Em conclusão, podemos dizer que as vantagens do controlador de temperatura AutomaSet T102 são simplicidade, versatilidade e fácil instalação. Se você se interessou pelo controlador entre em contato conosco, ou se precisar de ajuda do nosso suporte técnico com dúvidas.

Dicas Ageon: Como ser um distribuidor Ageon

19/01/2022 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Climatizadores, Fitness, Refrigeração
Ser um distribuidor da Ageon é fácil e permitirá que você seja parceiro de uma fabricante brasileira que está no mercado há duas décadas. Na área de refrigeração, aquecimento, climatização e automação industrial. Entre os pilares da Ageon estão a inovação, a tecnologia e a melhoria contínua. É com base nesses conceitos que buscamos trazer a satisfação tanto dos nossos clientes e parceiros quanto dos nossos colaboradores. O padrão de qualidade é uma de nossas principais preocupações, com isso, possuímos a certificação da ISO 9001, garantindo que tomamos os maiores cuidados desde o processo de desenvolvimento até a produção. Essa certificação é válida em todo o território nacional, sendo emitida pela empresa BRTÜV. Durante essa publicação você verá: Como ser um distribuidor Ageon;As vantagens de ser um distribuidor;Suporte técnico;Ageon Indica;Repositório. Como eu posso ser um distribuidor Ageon? Antes de se tornar um distribuidor, você pode nos contatar em nosso site, através do menu "fale conosco" e, em seguida, clique na opção de distribuidor. Lá você encontrará o botão "Seja um Distribuidor Ageon", depois disso, é só preencher o cadastro e esperar que nosso time comercial entrará em contato com você. Quais as vantagens de ser um distribuidor? Depois de fechar essa parceria com a Ageon, você poderá contar com algumas vantagens: Suporte técnico A Ageon possui um serviço de suporte técnico direto de fábrica, feito por profissionais qualificados e capacitados para ajudar o cliente nas mais diversas situações. Programa Ageon Indica Este programa é realizado com o propósito de auxiliar clientes em potencial. Onde verificamos alguns aspectos como a demanda mensal de produtos e o mesmo tem CNPJ. Caso não atenda os requisitos mínimos para a compra, o nosso setor comercial irá verificar a região onde esse cliente está localizado e encaminhar esse contato para um distribuidor Ageon. Para se cadastrar no programa Ageon Indica para distribuidores é simples, só é necessário comprar produtos com um cadastro de distribuidor. Depois do envio do pedido você já estará participando do programa e poderá receber indicações de clientes em potencial. Outra vantagem é que todos os distribuidores estão disponíveis para pesquisa de região e produto ofertado em nosso site, sendo em loja física ou online, deixando disponível a procura de produtos e em quais distribuidores irá encontrar o que está procurando. Repositório Além dessas vantagens, também fica a disposição o acesso ao repositório Ageon. Nessa página você encontra material feito por nós para auxiliar nas vendas e divulgação. Permitindo que você usufrua de banners, catálogos, conteúdos interativos, e-mails, folhetos, guias práticos, fotos de produtos, imagens para stories e vídeos. Repositório Ageon Catálogo de produtos Seja um distribuidor O que falta para você ser um distribuidor Ageon? Em caso de dúvida sobre ser um distribuidor e suas vantagens deixe uma mensagem abaixo ou entre em contato conosco clicando aqui.

Controlador de Temperatura AutomaSet T102

12/01/2022 - Aquecimento, Charcutaria e Homebrewing, Refrigeração
Utilizado em aplicações de aquecimento ou refrigeração, o controlador de temperatura Automaset T102 é uma ótima opção para quem procura desempenho e facilidade. Sendo um produto simples e versátil, destacamos seu uso em: aquecedores, refrigeradores, aquecedores de pisos, sistemas de ar condicionado, estufas e suas variações, expositores de bebidas e sorvetes, balcões frigoríficos e congelados. Nessa publicação você irá ver sobre: O AutomaSet T102;Alimentação do produto;Saída relé;Fixação;Utilização. O que tem no AutomaSet T102? O controlador com ação simples On/Off, com base na temperatura escolhida pelo usuário, o T102 controla a temperatura ligando e desligando a saída relé. Este produto na função de refrigeração também conta com degelo natural, que funciona a partir do desligamento do compressor. Nesse sentido, o usuário pode programar e escolher o intervalo ente os degelos ficando entre 1 a 999 horas. Além disso, possui a opção de duração entre 1 a 999 minutos ou então de desligar o degelo com o parâmetro em OFF. Tendo também pontos que facilitam o uso: Alimentação: A alimentação do produto é simples e rápida de realizar. A conexão é feita nos bornes 11 e 12 do controlador, a tensão de entrada do produto é bivolt de 85V a 265V. A vantagem disso é que independente da região do país onde vai ser instalado se é 110V ou 220V, a conexão é a mesma. Com isso evitando erros de instalação. Saída Relé A conexão dos aparelhos que irão ser controlados pelo AutomaSet deverão estar conectados aos bornes 9 e 10 do controlador. A saída suporta a corrente máxima de 15A. Além disso, a conexão nos bornes não necessita a utilização de jumper para a alimentação, porque a conexão já é feita na próprio circuito interno do produto. Fixação: A fixação do controlador é de sobrepor, em uma caixa elétrica 4x2 o produto é parafusado. Assim eliminando problemas, pois não necessita fazer corte para fixar o controlador, sem se preocupar com a passagem de cabos. Utilização facilitada: Além disso o produto tem uma tabela de parâmetros completa e com configurações simples. As informações no display estão bem expostas. Por exemplo, no funcionamento normal do controlador é exibida a temperatura em graus Celsius, bem como a função do relé se esta ligado, desligado ou então no modo automático. Se interessou com o nosso controlador versátil AutomaSet T102? Se sim, entre em contato conosco para fazermos um orçamento. Ou então, em caso de dúvidas de aplicação, entre em contato com nossa equipe de suporte técnico.

Controlador de temperatura e umidade A103 PID U da Ageon

05/01/2022 - Aquecimento, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Refrigeração
A mais recente linha controladores de temperatura Ageon, a Linha Black ganha um novo produto no seu catálogo, o controlador A103 PID U. Esse controlador é um produto voltado para  o uso em aplicações onde seja necessário o controle de temperatura e umidade, destacando entre eles o ramo da charcutaria, chocadeiras, estufas, refrigeração, secagem de grãos e saunas. Mas o que tem no Controlador de temperatura e umidade? O controlador A103 PID U conta com um sensor de temperatura e umidade comandando assim 3 saídas. Uma destas saídas é a saída TRIAC para aquecimento, onde é utilizado o controle PID (Proporcional, integral e derivativo). As outras duas saídas relé, uma sendo a saída de umidade e outra sendo um relé auxiliar. O A103 PID U conta com a função de auto-tuning onde o algoritmo vai calcular automaticamente os melhores valores para o controle PID na utilização da saída TRIAC, com isso reduzindo a variação de temperatura. Na Saída do relé de umidade pode ser definida a utilização para umidificação como para desumidificação e na outra saída pode ser configurado como: refrigeração, aquecimento auxiliar ou timer cíclico. Todas as facilidades e comodidades da linha Black Além das características únicas do controlador A103 PID U ele também tem características de todos os outros produtos da Linha Black da Ageon que facilitam o uso e tornam a utilização mais tranquila. Design dos controladores A linha conta com um painel com acabamento sofisticado com um visor de acrílico na frente de um painel emborrachado. O grau de proteção IP65 (protege contra poeira e jatos de água), conta também com 6 teclas para programação e navegação entre os parâmetros. Fixação A fixação dos controladores dessa linha pode ser feita com a utilização das presilhas convencionais para esse tipo de produto. Além disso, também possui a opção de fixar os controladores sem ter acesso a parte traseira do aparelho. Para isso basta usar a furação destinada a fixação com parafusos que fica posicionado na parte interna do visor acrílico. Programação e conexão A Linha Black conta com a opção de utilizar a FastKey, uma chave de programação que possibilita configurar os parâmetros de muitos controladores em um tempo reduzido, assim reduzindo custos. Com isso pode copiar a configuração de um controlador e replicar essa mesma receita para outros controladores. A FastKey tem a possibilidade de gravar até 9 receitas. A conexão remota também está disponível para a ser utilizada com o ArcSys para monitoramento online, através do conector USB na lateral do aparelho e utilizando o adaptador RS-485.Deseja saber mais sobre os controladores de temperatura e umidade A103 PID U? Entre em contato com nossa equipe e conheça outras vantagens deste modelo.

Onde adquirir produtos Ageon?

19/05/2021 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Climatizadores, Fitness, Refrigeração
A Ageon possui uma vasta linha de produtos. São diversos modelos de controladores de temperatura e inversores de frequência destinados às mais variadas aplicações. Entre os principais produtos fornecidos pela empresa estão controladores para aquecimento solar, refrigeração comercial e industrial, chocadeiras, entre outros. Na linha de inversores de frequência, os destaques são os modelos para climatizadores evaporativos, esteiras ergométricas e automação em geral. No entanto, a política comercial da Ageon valoriza sua parceria com fabricantes e distribuidores. Dessa forma, se você deseja adquirir nossos produtos, é importante identificar seu perfil de cliente. Neste post você verá como adquirir produtos Ageon de acordo com seu perfil de cliente. Você possui uma empresa e quer adquirir produtos Ageon? A política comercial da Ageon é focada em vendas B2B, ou seja, de empresa para empresa. Se você possui uma empresa constituída e deseja utilizar nossos produtos para fabricação ou para revenda, entre em contato conosco. A Ageon oferece diversos benefícios para seus parceiros, como garantia de fábrica e agilidade na entrega, por exemplo. Temos inclusive outro post em nosso blog falando sobre as vantagens de ser um distribuidor Ageon. Você deseja adquirir produtos Ageon para uso próprio? Se você não possui uma empresa ou deseja adquirir produtos para uso próprio, a Ageon possui uma rede de distribuidores que pode lhe atender da melhor forma. Através da nossa página de distribuidores, você pode encontrar o distribuidor mais próximo, seja uma loja física ou loja online. Ao acessar esta página, você irá se deparar com três campos: "Busca por", "Produto/Aplicação" e "Estado". Em primeiro lugar você pode optar por buscar por produtos específicos ou por aplicações. Em seguida, você pode selecionar entre uma lista de produtos ou aplicações, dependendo do item selecionado no campo anterior. Por último, você deve definir o estado em que deseja adquirir o produto. Ao clicar em "Pesquisar" é carregada uma lista de empresas que distribuem os produtos selecionados. A lista será dividida entre lojas físicas e lojas online, e você pode escolher o tipo de compra que melhor lhe convém para entrar em contato direto com o distribuidor. Você também pode verificar os distribuidores na página do produto de seu interesse. Basta clicar no botão "Comprar" que é exibido no topo da página. Exemplo de página de produto (controlador de temperatura A102) Da mesma forma que a busca na página de distribuidores, basta selecionar o estado e serão exibidas as lojas físicas e online em que o produto se encontra disponível para compra.

Controlador de Condensação para CPDs

20/04/2021 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Refrigeração
Os Centros de Processamento de Dados (CPDs) são cada vez mais comuns no mundo todo, inclusive no Brasil. Desde pequenas empresas até grandes multinacionais precisam de um local físico para os equipamentos que armazenam e processam as informações trocadas no dia-a-dia. Para que não haja problemas com os servidores são necessárias uma série de precauções. É essencial que o ambiente possua temperatura e umidade controladas para que os equipamentos funcionem corretamente. Devido ao calor gerado pelas máquinas, um bom sistema de ar condicionado é um requisito básico. É justamente nesse ponto que um controlador de condensação se faz necessário.  Por que utilizar um controlador de condensação em um CPD? Os problemas mais comuns em um CPD são relacionados ao superaquecimento. Por este motivo, são utilizados sistemas de ar condicionado para regular a temperatura do ambiente e evitar danos aos aparelhos. Muitas vezes são utilizados termostatos digitais para controlar o sistema de ar condicionado com maior precisão. Acontece que, diferente da climatização de ambientes residenciais ou empresariais, os sistemas de ar condicionado dos CPDs não visam o conforto humano e sim garantem o funcionamento adequado das máquinas. Uma outra diferença básica entre condicionadores residenciais/empresariais e de um CPD é o tempo de uso. Um ar condicionado residencial/empresarial funciona em torno de 6 a 10 horas por dia quando a temperatura está alta, já a de um CPD funciona praticamente 24 horas por dia durante o ano todo. Em outras palavras, os aparelhos de refrigeração de CPDs são acionados mesmo no inverno e em situações em que a temperatura externa é muito baixa. Esta condição gera um novo problema: o congelamento do evaporador. A formação de gelo no evaporador prejudica a eficiência total do sistema e pode danificar o compressor. A solução para estas situações é um controlador de condensação, como o FanSpeed. Como funciona o FanSpeed? O controlador de condensação FanSpeed foi desenvolvido especialmente para sistemas de ar condicionado. De acordo com um SetPoint configurável, controla a velocidade dos ventiladores para manter a pressão do fluido refrigerante sempre estável, mesmo com a variação da temperatura ambiente. Dessa forma, o aparelho evita a condensação das partículas de água no evaporador e consequentemente mantém o sistema trabalhando em máxima eficiência. Utilizar o controlador de condensação FanSpeed traz diversas vantagens para o sistema de ar condicionado, inclusive o aumento da vida útil do equipamento. Além de evitar o congelamento do evaporador, ainda reduz a quantidade de ruído sonoro. Seu display eletrônico pode exibir a pressão ou a tensão de saída, dispensando a utilização de manômetros. Você já conhecia as vantagens de utilizar um controlador de condensação em um CPD? Conheça o FanSpeed clicando aqui.

Termostatos para fabricação de cerveja artesanal

10/03/2021 - Charcutaria e Homebrewing
A produção de cerveja artesanal vem ganhando força nos últimos anos no Brasil. O número de entusiastas cervejeiros cresce e novos produtos, equipamentos e insumos são lançados a todo momento para atender esse mercado que está em expansão. Uma questão extremamente importante na produção de cerveja é o controle de temperatura, onde geralmente são utilizados termostatos digitais. Esse assunto gera muitas dúvidas entre os cervejeiros iniciantes e interfere significativamente no resultado da cerveja. Os processos para fabricação de cervejas artesanais variam de acordo com o planejamento de cada receita. Descubra abaixo como funciona algumas fases de produção e os tipos de controladores de temperatura mais utilizados para fabricação de cervejas artesanais. Controle de temperatura e cervejas artesanais O controle de temperatura é fundamental em algumas fases da produção de cervejas artesanais, visto que pode interferir diretamente em suas propriedades, como a densidade e a graduação alcoólica. As chamadas rampas de temperatura utilizadas na etapa de brassagem ou mesmo  o controle de temperatura durante a fermentação são situações onde a utilização de um termostato digital é indicada, garantindo maior controle dos processos e, consequentemente, do produto final obtido. Termostatos em Geladeiras de Cerveja A utilização de geladeiras controladas por termostatos digitais é muito comum na fabricação de cerveja. Os termostatos mecânicos que acompanham as geladeiras não realizam um controle preciso de temperatura e essa variação térmica pode comprometer algumas etapas, principalmente no processo de fermentação,  interferindo no sabor e na estabilidade do produto final. Os termostatos digitais, entretanto, garantem maior estabilidade durante a fermentação, mantendo a temperatura em uma faixa específica dependendo da levedura utilizada. Isso eleva a qualidade do resultado final, gerando uma cerveja com sabor mais limpo. Outra vantagem dos termostatos digitais em geladeiras de cerveja é a versatilidade, já que a quantidade de modelos disponíveis é grande. Os modelos de duplo estágio, por exemplo, são ideais para regiões com grande variação térmica, pois podem acionar o compressor da geladeira quando a temperatura estiver acima da ideal e também podem acionar uma fonte de calor (lâmpada ou resistência elétrica) quando a temperatura estiver muito baixa. A configuração dos termostatos digitais para a produção de cerveja costuma gerar algumas dúvidas que podem ser facilmente sanadas. Os principais parâmetros de um termostato para essa finalidade são o setpoint e a histerese. A configuração desses parâmetros pode ser vista no post Configurando um termostato – Parâmetros Básicos. Termostatos Ageon para Cerveja Artesanal A Ageon fabrica termostatos digitais para várias aplicações, entre elas a produção de cervejas. O modelo A103, por exemplo, possui duplo estágio. Ideal para regiões com grande oscilação de temperatura, esse tipo de termostato gerencia o acionamento de um sistema de refrigeração e de aquecimento quando a temperatura sai da faixa programada. Existem ainda outros modelos, como termostato simples, com temporizador cíclico ougerenciamento de degelos, disponíveis na Linha Black (Design sofisticado, 6 teclas, sistema de fixação diferenciado) e Linha Prime K114, controlador com função de rampa e patamar (com frontal em black piano e design exclusivo). Você é consumidor de cervejas artesanais? Fabrica cervejas e utiliza termostatos? Conheça os controladores de temperatura Ageon clicando aqui **