Modbus nos inversores de frequência da Ageon

23/02/2022 - Automação

Modbus é um protocolo de comunicação, onde podemos ver uma predominância no uso para automação de processos e de sistemas. Podemos usar em residências ou indústrias. Mesmo sendo gratuito, este protocolo comunica com vários produtos diferentes em uma determinada função programada. Possibilita a utilização de inversores de frequência com outros equipamentos. Para conseguir entender esta ferramenta criamos esse artigo explicativo. Você verá sobre:

Conhecendo o Modbus:

O princípio dessa comunicação é ter um mestre onde as informações são enviadas e um escravo que recebe a informação, executa e manda uma resposta de confirmação. O envio das mensagens é feito em pacotes de dados, para isso as informações são comprimidas e seguem um padrão de escrita.

Como é feita a conexão?

O protocolo precisa de um meio físico. Para isso é usamos padrões de transmissão de dados, sendo eles:

  • RS-232: é caracterizado por utilizar a conexão ponta-a-ponta onde possibilita a conexão de somente 2 dispositivos (um mestre e um escravo). A transmissão de dados tem velocidade baixa.

  • RS-485: tem a vantagem de se comunicar com 32 outros dispositivos, e possuir uma velocidade de transferência maior.

  • Ethernet: com a velocidade de transmissão maior, mas possui a desvantagem de ser limitado em tamanho.

Modbus nos inversores de frequência AG Drive Pro e AG Drive Mini

Os inversores da Linha AG Drive já tem em sua construção o Modbus RTU integrado. Eles usam como meio físico de comunicação o RS-485 e modo half-duplex, onde o envio e o recebimento das mensagens é feito pelo mesmo barramento. Ou seja, na comunicação o fluxo de dados não é simultâneo.

O meio físico utilizado no inversor AG Drive Pro é o cabo TIA/EIA-568-B.1-2001 Category 6 (CAT6) ou Category 5/5e (CAT5) em retrocompatibilidade. A conexão no inversor utiliza conector RJ-45. Recomendamos o uso da ligação daisy chain. No AG Drive Pro, indicamos a utilização do adaptador em “Y” para RJ45, na utilização de vários inversores comandados com um mestre.

Exemplo de ligação daisy chain no AG Drive Pro

Nos inversores AG Drive Mini, a camada física utilizada é o padrão EIA/TIA-485 ou RS-485. No AG Drive, o meio físico deve ser selecionado pelo usuário de acordo com o padrão RS-485. Porém, é necessário o adaptador de serial para RS-485. No entanto, no AG Drive Mini a utilização do adaptador serial para RS-485, e não necessita a utilização de adaptadores em “Y”.

Exemplo de ligação daisy chain no AG Drive Mini

Você já conhecia essa função dos inversores de frequência da Linha AG Drive? Entre em contato conosco e tire todo o proveito do seu equipamento.

Fique por dentro das novidades

Receba novidades dos assuntos do seu interesse diretamente no seu e-mail:

Comentários

Seja o primeiro a comentar o post "Modbus nos inversores de frequência da Ageon"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dicas sobre Inversores de Frequência
Tire suas dúvidas sobre inversores de frequência. Veja como configurar, como instalar e como aproveitar todos os recursos dos inversores de frequência. Confira outras postagens.