A importância do aterramento na instalação de Esteiras Ergométricas

01/08/2018 - Esteiras Ergométricas, Inversores de Frequência

A importância do aterramento na instalação de Esteiras Ergométricas

O aterramento é uma prática muito importante para qualquer tipo de instalação elétrica. No entanto, quando se trata de esteiras ergométricas sua importância é ainda maior. Neste post vamos falar sobre porquê a instalação da esteira deve ser aterrada e como realizar este procedimento de forma correta.

 

Por que realizar o aterramento?

Em primeiro lugar é importante esclarecer o que significa aterrar uma instalação elétrica. Como o nome sugere, um dispositivo está aterrado quando um de seus terminais está ligado à terra.

Exemplo de aterramento

Exemplo de aterramento

O objetivo de aterrar uma esteira ergométrica é proteger os usuários tanto quanto os técnicos que realizarão manutenções no equipamento. Ao aterrar um dispositivo, a carga eletrostática presente em sua carcaça é dissipada, reduzindo o risco de choques elétricos. Além disso, o aterramento facilita o funcionamento de dispositivos de proteção, como fusíveis e disjuntores. Esses dispositivos protegem a esteira ergométrica quando há um aumento de corrente ou descarga elétrica e, quando o equipamento está aterrado, estas situações são detectadas mais facilmente. Outra vantagem de aterrar a esteira ergométrica é a dissipação da corrente de fuga que provém do motor, protegendo os usuários e o próprio equipamento.

Aterrar a esteira ergométrica é essencial para que sua instalação esteja de acordo com as normas técnicas  e de segurança.

 

Como fazer o aterramento em uma esteira ergométrica?

Antes de tudo é necessário verificar se o local da instalação possui aterramento. Informe-se se o local está preparado para que os dispositivos sejam aterrados antes de dar prosseguimento à instalação.

Em uma esteira ergométrica, o aterramento deve ser feito tanto no motor quanto no inversor de frequência. Para demonstrar a forma correta de realizar este procedimento, vamos utilizar como exemplo e inversor IEX70 da Ageon, desenvolvido especialmente para esteiras ergométricas. Na imagem abaixo é possível visualizar como aterrar corretamente esses dispositivos.

Aterramento em Esteiras Ergométricas

O aterramento costuma ser realizado através das carcaças metálicas dos equipamentos, por exemplo. Geralmente se utilizam fios nas cores verde ou verde e amarelo. Os motores elétricos possuem um terminal específico para o aterramento, que fica ligado à sua carcaça. Este terminal deve ser ligado à estrutura metálica da esteira.

Da mesma forma, o inversor de frequência também possui um terminal específico para aterramento, que também deve ser ligado à carcaça da esteira.

Aterramento no Inversor de Frequência IEX70

Atente-se sobre a forma correta de realizar o aterramento da esteira ergométrica. Ambos os cabos de aterramento (do motor e do inversor) devem se encontrar em um ponto comum na carcaça da esteira, e a partir daí se unirem até o aterramento propriamente dito no local da instalação. Contate um técnico qualificado para realizar o aterramento da esteira ergométrica e utilize fios com bitola adequada, de acordo com as normas vigentes.

***

Se este post foi útil para você, deixe seu comentário abaixo.

Fique por dentro das novidades

Receba novidades dos assuntos do seu interesse diretamente no seu e-mail:

Comentários

    Luiz Posterari disse:

    Pergunto:
    Se o quadro elétrico DG esta aterrado,, TB é necessário aterrar os equipamentos das tomadas ?

    Olá Luiz, como vai?
    Respondendo à sua pergunta, sim, o ideal é aterrar seus equipamentos.
    Isso garante maior segurança para sua instalação e para os usuários da esteira.
    Atenciosamente,
    Equipe Ageon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas sobre Inversores de Frequência
Tire suas dúvidas sobre inversores de frequência. Veja como configurar, como instalar e como aproveitar todos os recursos dos inversores de frequência. Confira outras postagens.