Busca: Inversores de Frequência

Inversores de Frequência: entradas digitais NPN e PNP

31/05/2021 - Automação
Nos meios de comunicação do suporte técnico da Ageon chegam dúvidas como: "qual o tipo de entrada digital dos produtos Ageon?". Antes de qualquer contato, é preciso saber se a entrada digital é do tipo PNP ou NPN. Para responder essa dúvida de modo claro, reunimos abaixo informações sobre a diferença entre ambos tipos de entradas digitais e por fim o tipo de entrada que os produtos Ageon possuem. Como funcionam as entradas PNP?Como funcionam as entradas NPN?Níveis de tensãoComo usar a entrada NPN nos inversores Ageon? Como funcionam as entradas PNP? As entradas PNP possuem um valor de tensão de 0 V e para serem acionadas, recebem um valor positivo de tensão.  As entradas PNP -> O sinal de saída do sensor é positivo. Como funcionam as entradas NPN? As entradas NPN possuem um valor de tensão de alguns volts, como por exemplo, 5 V, 12 V, 24 V entre outros e quando são acionadas esse valor vai para 0 V, pois para que seu acionamento ocorra as mesmas são ligadas ao GND causando a queda de tensão. As entradas NPN -> O sinal de saída do sensor é negativo. Níveis de tensão Antes de qualquer coisa, vale se atentar aos níveis de tensão que variam de acordo com o fabricante do produto. Verifique pois existem tensões de 12V, 24V e 220V entre outros. Como usar a entrada NPN nos inversores Ageon? As entradas digitais dos inversores da Ageon são do tipo NPN, ou seja, caso o seu comando externo (CLP por exemplo) possua saída com sinal positivo, você precisará utilizar relés auxiliares para comandar as entradas do inversor. Sendo um relé para cada entrada digital. As saídas do CLP irão comandar as bobinas dos relés, enquanto o comum e o nA dos relés serão conectados nas entradas digitais que serão utilizadas no inversor. Lembrando que o pino GND do inversor sempre será utilizado como referência de sinal, ou seja, conecte o pino GND do inversor no comum do relé. Nos inversores de frequência AG Drive o GND se encontra no borne 3, enquanto nos inversores de frequência YF Standard o GND se encontra no borne 4. ATENÇÃOCaso deve conectá-lo diretamente nas entradas digitais do inversor, pois isso poderá ocasionar danos irreversíveis, utilize relés auxiliares para corretamente acoplar o sinal. Preciso de ajuda do suporte Em primeiro lugar, verifique o número de série do seu inversor Ageon. Depois disso, basta entrar em contato com nosso suporte técnico para receber o auxílio de nossa equipe. Ajudaremos a identificar e resolver o seu problema. A Ageon fabrica Controladores de Temperatura e Inversores de Frequência e neste ano completamos 20 anos de mercado. Depois de tanto tempo possuímos uma variada gama de produtos para diversas aplicações. Você quer conhecer produtos de qualidade, com tecnologia nacional e garantia direto de fábrica? Deixe seu comentário abaixo ou acesse nosso site clicando aqui.

Principais motivos para utilizar inversores de frequência Ageon

31/03/2021 - Automação, Climatizadores, Fitness
A busca de soluções para o aumento da produção com melhor custo-benefício faz a automação industrial crescer cada vez mais no Brasil. Por isso, uma grande infinidade de equipamentos para otimizar os processos fabris, entre eles os inversores de frequência, tem sido muito utilizados nas aplicações industriais. Estes equipamentos são uma opção versátil e dinâmica para o controle de velocidade de motores elétricos. Aqui no Blog, já falamos sobre o que são inversores de frequência e também sobre as principais vantagens de utilizá-los. Abordamos esse assunto de forma geral, mas hoje vamos falar especificamente sobre os principais motivos de utilizar os equipamentos da Ageon e seus diferenciais em relação aos demais inversores de frequência do mercado. Praticidade Uma das características fortes da Ageon é a praticidade dos produtos, inclusive nos modelos de inversores de frequência esse aspecto é predominante. Nossos inversores se destacam pela facilidade de parametrização que abrange as diversas aplicações do mercado. Ao contrário de outros inversores de frequência existentes que possuem parâmetros em excesso e manuais técnicos demasiadamente extensos, a Ageon desenvolveu manuais dos produtos são de fácil compreensão e permitem que a configuração seja feita em pouco tempo. Design diferenciado A Ageon trabalha com linhas de inversores distintas, cada uma com suas características e design único, projetado para situações específicas. Enquanto a Série XF possui IHM incorporada e design compacto, a Série YF possui IHM destacável e modelos com potenciômetro incorporado. Já as linhas IEX70 Pro para esteiras ergométricas e IRX pro para climatizadores evaporativos foram projetadas especialmente para estas aplicações e seu design reflete exatamente a necessidade dos instaladores e dos usuários. Aplicações Alguns inversores de frequência Ageon são desenvolvidos especialmente para determinadas aplicações. É o caso da Série IEX70 Pro que, como citado anteriormente, é utilizada em esteiras ergométricas profissionais. Já a linha IRX Pro foi projetada principalmente para climatizadores evaporativos e possui funções específicas para esta aplicação, além de controle remoto para fácil utilização.  Suporte técnico direto de fábrica Um dos principais diferenciais da Ageon é o canal de acesso fácil ao setor de suporte técnico. Além disso, nossa equipe de suporte também está apta a instruir o cliente final sobre a instalação e utilização de nossos produtos. Dessa forma o distribuidor pode revender os produtos Ageon e ter a certeza que seu cliente não ficará desamparado caso possua dúvidas em relação ao produto. Fabricação Nacional Neste ano a Ageon completa 20 anos de mercado, fabricando Controladores de Temperatura e Inversores de Frequência. Somos uma empresa 100% brasileira atendendo todo território nacional, produzindo qualidade e alta tecnologia. Oferecemos além de toda qualidade, assistência técnica direto de fábrica e 2 anos de garantia em seus produtos. Por essas e inúmeras outras razões, nossos inversores de frequência são cada vez mais utilizados por fabricantes, técnicos de manutenção e reposição em todo o Brasil. Você utiliza inversores para automação? O que acha de conhecer os inversores de frequência da Ageon? Clique aqui e saiba mais.

Dúvidas frequentes sobre inversores de frequência

13/01/2021 - Automação
Depois de anos inseridos no mercado de inversores de frequência, o suporte técnico da Ageon identificou algumas dúvidas frequentes relacionadas a esses equipamentos. Dessa forma, reunimos abaixo alguns tópicos que irão ajudar a solucionar estes principais questionamentos sobre os inversores. Por que o motor trifásico perde torque em baixa rotação?Por que o motor esquenta em baixa rotação?Como configurar E05 - Sobrecarga?Por que o inversor não consegue partir o motor?Por que não devo utilizar o contator na saída do motor?Qual é o tipo de entradas digitais dos inversores de frequência da Ageon? Por que o motor trifásico perde torque em baixa rotação? Problema: É comum a utilização do inversor no sistema, pois permite a variação de velocidade. Contudo existem casos que acontece a diminuição excessiva da velocidade do motor, ocorrendo perda de torque e consequentemente o enfraquecimento do equipamento não atendendo a aplicação. Os motores possuem um torque relacionado ao V/F (tensão e frequência) onde ao diminuir a velocidade, acaba diminuindo o torque. No geral, velocidades abaixo de 50% da nominal, fazem com o que motor tenha uma perda muito significativa de torque, podendo ocasionar até travamento de eixo. Solução: Deve-se trabalhar no limiar de velocidade indicado pelo fabricante (no geral, 20% acima ou abaixo da nominal), caso necessário utilize motorredutores, a fim de manter uma velocidade alta no motor porém o sistema final terá uma rotação mais baixa. Dessa maneira, o sistema terá um bom rendimento, além de manter o motor refrigerado. Por que o motor esquenta em baixa rotação? Problema: No geral, os motores trifásicos de gaiola são auto refrigerados, pois possuem uma hélice na parte traseira, ou seja, com a própria rotação do eixo há uma circulação de ar no interior do motor, gerando uma refrigeração própria. Portanto, quanto menor a velocidade do motor, menor será sua auto refrigeração. Caso seja utilizado uma velocidade muito baixa durante um grande intervalo de tempo, o equipamento poderá ter problemas de superaquecimento, causando danos irreparáveis.Solução: Existem meios que previnem o superaquecimento, como o correto dimensionamento da carcaça ou a instalação de um sistema de ventilação externo. De modo geral, velocidades abaixo de 40% da rotação nominal causam superaquecimento, contudo, para ter uma especificação mais precisa e exata, deve-se entrar em contato com o fabricante do motor. Como configurar E05 - Sobrecarga? Problema: E05 - Sobrecarga na função corrente x tempo (P51). Causa: Os motores elétricos necessitam de proteções térmicas como relés de sobrecarga, fusíveis, entre outros, para evitar correntes muito altas no motor.Solução: O E05 ocorre quando a corrente no motor ultrapassa o valor que foi previamente programado no parâmetro P51 do inversor da Ageon, permitindo a proteção de sobrecaga. Cada motor possui um valor diferente de corrente nominal e fator de serviço. O parâmetro P51 deve ser configurado da seguinte maneira: Inom (corrente nominal do motor) x Fs (Fator de serviço).Apenas para esclarecimeneto, a IEC 60034-1 determina o fator de serviço como referente a reserva técnica de potência de um motor, ou seja, a capacidade de sobrecarga contínua sem dano ao mesmo. Quando necessário, pode-se utilizar essa reserva, porém deve-se atentar a diferença entre o fator de serviço e a capacidade de sobrecarga momentânea, que são variáveis diferentes.Para configurar o parâmetro P51, tomemos como exemplo um motor com as seguintes especificações:A programação correta do P51 faz com que o inversor faça a proteção térmica do motor através da corrente. Ou seja, impede o inversor entregar para o motor uma corrente maior que a nominal. Caso a corrente ultrapasse a nominal, o inversor irá acusar E05Não resolveu? Se mesmo após efetuar essa configuração no P51, o seu inversor continuar a apresentar E05, os seguintes cenários podem estar ocorrendo:A carga é muito alta para o motor - O E05 pode ocorrer caso o motor não suporte a carga que está sendo aplicada ao seu eixo. Nesse caso, a solução é aumentar a potência do motor, consequentemente a do inversor também.O motor está com defeito - Existem motores que, depois de um tempo, acabam tendo problema no seu rolamento e passam a consumir muita corrente, sendo necessária uma manutenção ou troca do mesmo. Por que o inversor não consegue partir o motor? Problema: Rampas muito curtas fazem com que a corrente seja elevada, atuando nas proteções do inversor. E as rampas extensas também atuam na proteção devido a corrente ficar elevada durante um longo período de tempo.Solução: Durante o comissionamento e start-up do sistema, o técnico responsável deve testar quais valores de rampa funcionam adequadamente baseando-se no seu sistema, motor e característica da carga, como por exemplo a inércia. Por que não devo utilizar o contator na saída do motor? Problema: É comum vermos o uso do contator na saída do inversor de frequência, que é algo incorreto.Causa: O inversor de frequência já possui os meios necessários para acionamento e desacionamento do motor, tornando desnecessário a utilização de alguma chave seccionadora, contator ou relé de sobrecarga. O que pode ser colocado como proteção, são fusíveis do tipo gR e gS os quais são indicados para proteção de componentes eletrônicos ou disjuntor motor. Qual é o tipo de entradas digitais dos inversores de frequência da Ageon? As entradas digitais dos inversores da Ageon são do tipo NPN, ou seja, caso o seu comando externo (CLP por exemplo) possua saída com sinal positivo, você precisará utilizar relés auxiliares para comandar as entradas do inversor. Sendo um relé para cada entrada digital.As saídas do CLP irão comandar as bobinas dos relés, enquanto o comum e o nA dos relés serão conectados nas entradas digitais que serão utilizadas no inversor. Lembrando que o pino 4 do inversor sempre será utilizado como referência de sinal, ou seja, conecte o pino 4 do inversor no comum do relé.Resumidamente, caso o seu sistema possua um sinal positivo de saída, não deve conectá-lo diretamente nas entradas digitais do inversor, pois isso poderá ocasionar danos irreversíveis, utilize relés auxiliares para corretamente acoplar o sinal. Possuo outras dúvidas sobre os inversores de frequência. E agora? Em primeiro lugar, verifique se você possui um inversor de frequência Ageon. Se a resposta for sim, basta entrar em contato com nosso suporte técnico para receber o auxílio de nossa equipe. Ajudaremos a identificar e resolver o seu problema. Caso seu inversor não seja Ageon, esta é a hora de nos conhecer. Trabalhamos com linhas de inversores distintas, cada uma com suas características: a Série XF possui IHM incorporada e design compacto; a Série YF possui IHM destacável e modelos com potenciômetro incorporado; a Linha IRX Pro possui duas opções de IHM (sobrepor ou embutir) é indicada para climatizadores evaporativos; a Linha IEX70 Pro é destinada exclusivamente às esteiras ergométricas profissionais. Entre em contato conosco e saiba mais sobre nossos inversores de frequência

Quais são suas dúvidas sobre inversores de frequência?

22/01/2020 - Automação, Climatizadores, Fitness
Os inversores de frequência são tema de diversos posts no aqui no blog. Já falamos sobre as vantagens desses aparelhos, sobre como dimensioná-los, evitar erros e diversas outros assuntos. Se você possui dúvidas sobre inversores de frequência você está no lugar certo. Perguntas frequentes sobre inversores de frequência Depois de anos inseridos no mercado de inversores de frequência nós identificamos alguns questionamentos frequentes relacionados a esses produtos. Dessa forma, reunimos abaixo as respostas para as dúvidas mais comuns sobre inversores: Conhecendo inversores de frequência Como controlar a velocidade de um motor trifásico?Inversor de frequência: o que é e onde utilizar?5 vantagens de utilizar inversores de frequênciaQuando utilizar um inversor de frequência?Principais modelos de inversores para automaçãoAutomação de máquinas com Inversor de Frequência Como dimensionar corretamente um Inversor de Frequência? Onde comprar inversores? Comprar inversores de frequência direto de fábrica Instalando e configurando Dicas de Instalação – Inversores de FrequênciaAterramento do inversor de frequência: como fazer? Como ligar um motor trifásico em alimentação 220V? Por que utilizar Resistor de Frenagem com um Inversor de Frequência? Conhecendo os bornes de controle do inversor de frequência Ligando dois motores em um Inversor de Frequência Entendendo Inversores de Frequência – Rampas de AceleraçãoO que faz e como funciona a função multispeed no inversor de frequência? Resolvendo problemas O que fazer para evitar a queima do inversor de frequência? O inversor não chega na frequência desejada. E agora?Diagnóstico de erros nos Inversores de Frequência Ageon Quais suas dúvidas sobre inversores de frequência? A Ageon fabrica inversores de frequência há quase duas décadas e por isso adquirimos experiência nesse tipo de equipamento. Além disso, desenvolvemos inversores de frequência para diversos mercados, desde inversores versáteis para automação até inversores específicos para climatizadores evaporativos ou ainda para esteiras ergométricas. Essa experiência aliada ao investimento em tecnologia fez com que os inversores de frequência Ageon se tornassem presentes nas linhas de produção de grandes fabricantes, assim como em diversos distribuidores pelo Brasil. Agora queremos compreender melhor as principais dúvidas sobre inversores de frequência daqueles que mais têm contato com esses equipamentos: técnicos e instaladores. Nossa equipe quer ajudar esses profissionais a tirarem o máximo de proveito que a tecnologia dos inversores pode proporcionar. E é justamente por isso que perguntamos: o que você deseja saber sobre inversores de frequência?

Principais erros em inversores de frequência para esteiras ergométricas

03/05/2019 - Fitness
Se você trabalha com conserto e manutenção de esteiras ergométricas provavelmente já se deparou com um inversor com problemas. Apesar de a primeira reação ser substituir o aparelho ou entrar em contato com o fabricante, em muitos casos a solução é muito mais simples. Neste post vamos apresentar os principais erros em inversores de frequência para esteiras ergométricas e como solucioná-los. LEDs indicativos do inversor IEX70 Pro Para exemplificar os possíveis erros do inversor, vamos utilizar como exemplo o modelo IEX70 Pro, da Ageon. Este inversor de frequência foi desenvolvido especialmente para esteiras ergométricas e possui LEDs que auxiliam a identificar se o aparelho está em seu funcionamento normal ou se algum erro está ocorrendo. Os inversores IEX70 Pro possuem dois LEDs. Um deles é relacionado ao funcionamento do motor. O outro LED é relacionado à indicação de falhas e erros na placa de controle. Quando o inversor identifica um erro, este LED pisca determinado número de vezes. A quantidade de vezes que o LED pisca varia de acordo com o erro identificado. LED piscando 2 vezes - Sobretensão Este erro ocorre quando a tensão de alimentação do inversor está acima do recomendado no manual. Utilize um multímetro para medir a tensão de entrada do inversor e, caso o valor não esteja de acordo com as informações do manual, revise sua instalação. É provável que haja um problema na rede elétrica ou nas instalações do estabelecimento. LED piscando 3 vezes - Subtensão Este erro é o oposto do erro listado acima. Ele ocorre quando a tensão de alimentação do inversor está abaixo do recomendado no manual. Com um multímetro é possível medir a tensão de entrada e verificar se o valor está de acordo com o esperado. LED piscando 4 vezes - Sobretemperatura Este erro é apresentado sempre que o módulo de potência (IGBT) no interior do aparelho está superaquecido. Geralmente isso ocorre quando a temperatura do ambiente está alta e o inversor está com uma carga elevada, mesmo que dentro do permitido. Dessa forma, recomenda-se verificar se as entradas de ar do inversor IEX70 Pro não estão obstruídas, permitindo a ventilação. LED piscando 5 vezes - Sobrecarga A sobrecarga ocorre sempre que o inversor é submetido a uma carga acima do recomendado em seu manual. Para corrigir este problema, verifique se a esteira apresenta problemas mecânicos, como falta de lubrificação ou problemas no motor, por exemplo. Também é importante verificar se as especificações do motor e do inversor de frequência são compatíveis. LED piscando 6 vezes - Sobrecorrente por hardware Quando o inversor identifica uma corrente muito elevada em um curto período de tempo. Isso pode ocorrer por dois motivos principais: problemas no motor da esteira ou uma carga com inércia muito elevada. Em primeiro lugar verifique se há curto-circuito entre as fases da alimentação ou do motor. Caso nada seja identificado, remova a carga e teste o inversor novamente. LED piscando 7 vezes - Falha de comunicação Este erro será apresentado sempre que a comunicação entre o inversor de frequência e o painel for comprometida. Verifique as conexões entre o inversor e o painel e também se a chave de configuração está de acordo com o modo de operação do painel. Também é recomendado verificar a integridade do cabo de comunicação, ou seja, se existem sinais de rompimento, emendas mal realizadas, entre outros. LED piscando 8 vezes - Falha de hardware Uma falha de hardware pode ocorrer por diversos motivos. Na maior parte dos casos este erro ocorre após um curto-circuito no aparelho. A primeira ação a ser tomada é remover as ligações do motor e testar o inversor. Caso o erro permaneça significa que um componente interno do inversor foi danificado e é preciso enviá-lo para a assistência técnica. Agora você já conhece e sabe como resolver os principais erros em inversores de frequência para esteiras ergométricas. Que tal deixar um comentário abaixo?

Tudo sobre os inversores de frequência XF Standard

09/01/2019 - Automação, Refrigeração
Os inversores de frequência XF Standard foram desenvolvidos pela Ageon para controlar a velocidade de motores trifásicos. Elem podem ser utilizados em motores de até 2CV e se destacam principalmente pela sua facilidade de instalação e programação. Nesse post apresentamos vídeos das principais dúvidas relacionadas aos inversores XF Standard. Aqui você verá desde a ligação elétrica do aparelho até a resolução de erros na sua aplicação. Como instalar o inversor de frequência XF Standard?Ajustando as rampas de aceleração e desaceleraçãoConfigurando a função do relé auxiliarCorrigindo o erro E03Corrigindo o erro E09Corrigindo o erro Sub A Ageon recomenda que a instalação do produto seja realizada por um profissional qualificado e de acordo com as normas técnicas vigentes. Como instalar o inversor de frequência XF Standard? Primeiramente vamos demonstrar no vídeo abaixo como ligar seu inversor de frequência XF Standard à rede elétrica e também ao motor. Principais ajustes do inversor XF Standard Geralmente os inversores de frequência possuem uma lista numerosa de parâmetros para ajustes. No entanto, os inversores XF Standard possuem uma quantidade reduzida de parâmetros, simplificando sua configuração e otimizando o tempo dos técnicos e instaladores. Nos vídeos abaixo você verá como configurar dois dos principais recursos dos inversores XF Standard. Ajustando as rampas de aceleração e desaceleração As rampas de aceleração e desaceleração já foram tema de posts aqui no Blog Ageon. Esses recursos servem para evitar acionamentos bruscos do motor, por exemplo. Dessa forma a vida útil do equipamento tende a aumentar. Além disso, a utilização de rampas ainda traz outros benefícios, como maior segurança para os usuários da máquina e diminuição do pico de corrente no acionamento do motor. Configurando a função do relé auxiliar Os inversores da linha XF Standard possuem uma saída a relé que pode ser utilizada em diversos processos de automação. Esta saída auxiliar pode ser acionada sempre que o motor estiver acionado, por exemplo, ou sempre que a frequência de saída do inversor ultrapassar um determinado valor. No vídeo a seguir você pode ver todos os diferentes modos de funcionamento da saída auxiliar e como configurar seu inversor em cada uma delas. Solucionando erros no inversor de frequência Durante a instalação e utilização de um inversor de frequência podem ocorrer alguns erros. Essas falhas podem ter as mais variadas causas, como problemas na rede elétrica ou defeito no motor, por exemplo. Os inversores de frequência XF Standard possuem códigos que auxiliam na identificação destes erros, facilitando o diagnóstico e resolução do problema. Nos vídeos abaixo listamos as causas e soluções dos principais erros relacionados à utilização dos inversores de frequência. Corrigindo o erro E03 Corrigindo o erro E09 Corrigindo o erro Sub O que você achou deste post? Deixe seu comentário abaixo.

Parâmetros de visualização dos Inversores de Frequência Ageon

12/09/2018 - Automação, Climatizadores, Fitness
Os inversores de frequência Ageon se destacam pela facilidade de configuração. Diferente de outros modelos de inversores, os modelos da Ageon possuem um número reduzido de parâmetros, diminuindo o tempo necessário para ajuste. Além disso, alguns dos parâmetros presentes nesses aparelhos são apenas para visualização. Mas você sabia que é possível visualizar algumas informações do inversor através de parâmetros? Para que servem os parâmetros de visualização? Esses parâmetros são utilizados principalmente para monitoramento ou diagnóstico de problemas no inversor de frequência. Através deste recurso é possível visualizar diversas informações, como a corrente de saída, por exemplo. Na maior parte das vezes a visualização destes parâmetros é feita para verificar se o inversor está funcionando conforme esperado. No entanto também é possível utilizar este recurso para auxiliar na correção de erros nos inversores.  Abaixo listamos os principais parâmetros de visualização dos inversores de frequência Ageon. Parâmetros de Visualização Código Informação Visualizada P01 Frequência de saída (motor) P02 Tensão circuito intermediário (link CC) P03 Corrente de saída (motor) P04 Tensão de saída (motor) P05 Temperatura nos IGBT´s P06 Último erro ocorrido/Últimos erros ocorridos (conforme modelo) Tensão circuito intermediário (link CC) A tensão no circuito intermediário do inversor pode variar de acordo com a utilização. Em alguns casos é possível que o inversor apresente erro E02 ou erro E03. A principal causa para este erro é a tensão de alimentação do inversor acima ou abaixo do especificado. Além disso, também é possível que o erro E02 ocorra quando o inversor aciona uma carga com inércia elevada e passa por uma desaceleração muito rápida. Para visualizar a tensão no circuito intermediário do inversor, basta acessar o parâmetro P02. Você poderá visualizar este parâmetro a qualquer momento ou sempre que o inversor apresentar algum erro. Corrente de saída (motor) A corrente de saída do inversor pode se alterar em algumas situações. A mais comum delas é quando o motor apresenta algum problema no enrolamento, por exemplo. Nesses casos haverá um aumento da corrente de saída e, dessa forma, o inversor detectará este aumento e apresentará erro E06 ou erro E09. Para visualizar a corrente de saída do inversor para o motor, acesse o parâmetro P03. Verifique este parâmetro sempre que o inversor apresentar um dos erros acima ou quando o motor estiver apresentando sinais de defeito. Último erro ocorrido Este parâmetro é muito útil para o diagnóstico de problemas no inversor de frequência. Através dele é possível visualizar o último erro ocorrido no aparelho e, assim, corrigir o problema. Para isso, acesse o parâmetro P06. Ao identificar o último erro ocorrido no inversor de frequência, você precisará saber o significado dos códigos e as possíveis causas. Assim, será possível detectar a origem do problema para posteriormente corrigi-lo. *** Este post lhe foi útil? Deixe seu comentário abaixo.

Diagnóstico de erros nos Inversores de Frequência Ageon

20/06/2018 - Automação, Climatizadores, Fitness
A configuração de inversores de frequência requer um certo nível de conhecimento técnico. Independente da marca e do modelo, é preciso estar familiarizado com o funcionamento de inversores, de motores e até mesmo da máquina onde estes equipamentos estão instalados. Por isso, em algumas situações podem ocorrer falhas, seja resultado de configuração incorreta, flutuações na rede, entre outras causas. Neste post vamos falar sobre os códigos exibidos no display dos inversores de frequência Ageon caso um erro seja identificado pelo aparelho.   Por que os inversores de frequência identificam erros? Conforme citamos anteriormente, o inversor indica em seu display quando um erro é identificado. Esses aparelhos possuem esse recurso porque uma de suas funções, além do controle de velocidade, é a proteção do motor. Dessa forma, o inversor de frequência desativa o motor caso alguma falha seja detectada e informa ao usuário um código. Através deste código é possível identificar a provável causa do erro e, assim, tomar uma ação corretiva.   Principais códigos dos inversores de frequência Ageon Listamos abaixo os principais códigos de erro dos inversores de frequência Ageon, suas principais causas e também as formas mais comuns de corrigir o problema. E02 - Sobretensão no circuito intermediário E03 - Subtensão no circuito intermediário E04 - Sobretemperatura E05 - Sobrecarga na função corrente x tempo E06 ou E09 - Sobrecorrente por hardware E07, E10 ou E11 - Falha de comunicação   E02 - Sobretensão no circuito intermediário Se o display do inversor apresentar "E02" significa que a tensão no circuito intermediário está acima de 410V. Isso pode ocorrer por dois motivos principais. O primeiro deles é a tensão de alimentação do inversor acima do especificado. O segundo motivo mais comum é quando o inversor aciona uma carga com inércia elevada e passa por uma desaceleração muito rápida. Como resolver? Em primeiro lugar recomenda-se verificar a tensão do circuito intermediário e a tensão da rede. A tensão do circuito intermediário pode ser visualizada através do parâmetro "P02", e deve estar entre 180V e 410V. Já a tensão da rede pode ser identificada com um multímetro. Verifique se a tensão de alimentação do inversor está de acordo com a especificação do produto (vide manual). Caso a tensão esteja normal, provavelmente trata-se de um problema relacionado à rampa de desaceleração. Dessa forma é recomendado aumentar o tempo da rampa de desaceleração.   E03 - Subtensão no circuito intermediário Caso o display do inversor apresente "E03" significa que a tensão no circuito intermediário está abaixo de 180V. Normalmente isso ocorre quando a tensão de alimentação do inversor está abaixo do especificado. Como resolver? Verifique a tensão do circuito intermediário através do parâmetro "P02", lembrando que seu valor deve estar entre 180V e 410V. Verifique a tensão de alimentação e os cabos que ligam o inversor de frequência à rede elétrica. Com um multímetro, confira se a tensão da rede está de acordo com a especificação citada no manual do produto.   E04 - Sobretemperatura "E04" é exibido no display quando a temperatura no módulo IGBT do inversor está muito elevada. Isso pode ocorrer quando a temperatura ambiente se encontra acima da especificação do produto ou também quando o inversor estiver trabalhando em sobrecarga. Ainda é possível que a sobretemperatura esteja relacionada à frequência de chaveamento configurada para o inversor. A temperatura do módulo IGBT se eleva conforme uma frequência de chaveamento mais alta é configurada. Como resolver? Em primeiro lugar verifique a temperatura do módulo IGBT através do parâmetro "P05". Caso a temperatura esteja elevada, certifique-se de que o inversor está instalado em local com temperatura e ventilação adequadas. Também é importante verificar se a carga acionada pelo inversor não ultrapassa a corrente nominal especificada. Em último caso o problema pode estar relacionado à frequência de chaveamento. Verifique a possibilidade de configurar um valor mais baixo. No entanto é importante se atentar que, quanto menor a frequência de chaveamento, maior será o ruído emitido pelo motor.   E05 - Sobrecarga na função corrente x tempo O código "E05" é apresentado nos inversores de frequência Ageon quando é identificada uma sobrecorrente após o acionamento do motor. Geralmente este erro ocorre porque o inversor está acionando uma carga muito alta. Outra causa possível é o ajuste do parâmetro "Corrente de sobrecarga do motor" com um valor muito baixo. Como resolver? Para resolver esse problema recomenda-se aumentar o tempo da rampa de aceleração do motor. Caso esta ação não resolva, o recomendado é estudar a aplicação e o funcionamento do motor, e verificar se é possível elevar o valor do parâmetro "Corrente de sobrecarga do motor" sem comprometer o funcionamento do equipamento.   E06 ou E09 - Sobrecorrente por hardware É exibido o código "E06" ou o código "E09" quando o inversor detecta uma corrente acima do permitido ou quando a corrente de saída ultrapassa o limite seguro para o seu funcionamento. Outra causa possível para esse problema é um curto-circuito entre duas fases ou no enrolamento do motor. Existe ainda a possibilidade de ocorrer esse erro caso o inversor acione uma carga com inércia muito elevada. Como resolver? Se o erro ocorrer devido a uma carga com inércia elevada, basta aumentar o tempo da rampa de aceleração. Caso este procedimento não resolva, desconecte o motor do inversor e teste o equipamento. Se o inversor não apresentar o erro, provavelmente o problema se encontra no motor.   E07, E10 ou E11 - Falha de comunicação O inversor de frequência apresentará "E07", "E10" ou "E11" caso uma falha na comunicação entre o inversor e a IHM ocorrer. Como resolver? Verifique a conexão e os cabos de comunicação entre o inversor e a IHM. Se possível, utilize outro cabo para teste. É importante que os cabos de comunicação não fiquem próximos aos cabos de potência, pois pode haver interferência decorrente de ruído. Também é importante se atentar ao comprimento máximo permitido para o cabo de comunicação.   A Ageon recomenda que a instalação e configuração dos seus produtos seja realizada por um profissional qualificado. Em caso de dúvidas, entre em contato com nosso suporte técnico pelo telefone (48) 3028-8878. *** Este post foi útil? Deixe seu comentário abaixo.

Função Auto-Reset dos inversores de frequência IRX Pro

16/11/2017 - Climatizadores
Você sabe o que a função auto-reset dos inversores de frequência IRX Pro? Este recurso pode ser muito útil principalmente para técnicos e instaladores de climatizadores evaporativos. Neste post vamos esclarecer o que esta função e como ela deve ser utilizada.   O que é a função Auto-Reset? A função auto-reset determina como o inversor irá se comportar caso uma falha aconteça. Ela pode ser ajustada no parâmetro P53 dos inversores IRX Pro (verifique a versão do produto). Para compreender melhor esta função, imagine o seguinte exemplo: Um climatizador evaporativo possui um inversor de frequência IRX Pro e está funcionando perfeitamente. No entanto, uma oscilação na rede elétrica faz com que a tensão diminua, ativando a proteção do inversor. Neste momento o inversor irá desativar todas as suas saídas e apresentará uma mensagem no display indicando subtensão (E02). Qual seria a melhor forma de tratar esta falha? Será que o inversor deve reiniciar automaticamente ou de forma manual? A função auto-reset permite definir exatamente isso. De acordo com a opção definida nesta função, o inversor pode atuar de forma diferente. Veja abaixo quais são as opções: Reset manual Caso o parâmetro P53 seja configurado como "0", a função auto-reset estará desativada. Assim, no caso do exemplo acima, o inversor permaneceria apresentando a mensagem de falha até que fosse reiniciado manualmente pela tecla On/Off. Reinício automático (sem acionamento) Caso P53 seja ajustado para "1", o inversor de frequência exibirá a mensagem de falha por 1 minuto. Após este tempo, o inversor será reiniciado automaticamente e o display apresentará "rdy", indicando que está pronto para uso. Basta pressionar a tecla On/Off para que o aparelho volte ao seu funcionamento normal. Reinício automático (retorno ao estado anterior) Ao configurar o P53 com o valor "2", o inversor de frequência apresenta a mensagem de falha por 1 minuto. Após este tempo, o inversor é reiniciado e retorna ao estado anterior sem a necessidade de nenhum acionamento manual. Para evitar que o inversor ou mesmo o climatizador sejam danificados, ocorrem apenas 3 tentativas de reinício automático. Caso o erro persista após estas tentativas, o inversor irá apresentar a indicação de erro no display até que seja reiniciado manualmente.   Como ajustar a função auto-reset? Para ajustar esta função, basta acessar o parâmetro P53 do seu inversor de frequência IRX Pro. O vídeo abaixo demonstra esta configuração. *** O que você achou deste post? Foi útil? Deixe seu comentário abaixo.

Entendendo Inversores de Frequência – Controle de Velocidade

16/02/2016 - Automação, Climatizadores, Fitness
A principal função de um inversor de frequência é, sem dúvida, o controle da velocidade de motores de indução trifásicos. Apesar de muitas outras vantagens, os inversores de frequência são utilizados em diversos segmentos da indústria para permitir uma velocidade variável aos motores e, consequentemente, maior controle sobre os mesmos. Mas como é feito o controle da velocidade do motor? Os inversores de frequência da Ageon permitem que a velocidade seja controlada facilmente através da IHM (interface homem-máquina) dos seus produtos. O operador de uma máquina pode aumentar ou diminuir facilmente a velocidade do motor através das teclas "∧" e "∨", incorporadas ao painel do produto. Essa é uma das formas mais simples de controlar a velocidade do motor por meio de um inversor Ageon. Quando o inversor é configurado para seleção da referência pela IHM, cada vez que as teclas são pressionadas a frequência de saída é alterada em 1Hz para mais (tecla "∧") ou para menos (tecla "∨"). Existem casos onde um motor deve trabalhar em diferentes "níveis de velocidade". Um exemplo de aplicação onde isso ocorre é o caso de climatizadores de ar. Geralmente o ventilador de um climatizador funciona em velocidades predefinidas, como por exemplo a velocidade 1, velocidade 2, velocidade 3, etc. Cada uma destas velocidades corresponde a uma frequência de saída diferente no inversor: é o chamado Multispeed. Quando configurados para acionamento Multispeed, os inversores de frequência Ageon permitem até 8 níveis de velocidade. Para alternar entre os diferentes níveis de velocidade, são utilizadas as teclas "∧" e "∨". [caption id="attachment_2779" align="aligncenter" width="505"] IHM dos inversores de frequência YF Standard[/caption] No caso da série YF Standard de inversores de frequência, ainda é possível controlar a velocidade dos motores através de um potenciômetro incorporado ao painel. A variação da velocidade é realizada girando o potenciômetro no sentido horário para aumentar e velocidade e no sentido contrário para diminuir. Além de todas essas opções de variação da velocidade diretamente através da IHM dos inversores Ageon, ainda é possível utilizar os bornes de controle para acionar o inversor por meio de botões, chaves e potenciômetros externos. Os bornes de controle permitem utilizar todas as formas de acionamento (seleção da referência, Multispeed e potenciômetro) em situações onde o inversor de frequência é instalado em locais de difícil acesso. *** Você utiliza inversores de frequência? Qual forma de acionamento você considera mais prática? Deixe seu comentário.