Busca: AutomaSol TDA

Tudo sobre o controlador diferencial de temperatura AutomaSol TDA

08/07/2020 - Aquecimento Solar
Os controladores diferenciais de temperatura AutomaSol TDA são indicados para sistemas de aquecimento solar que necessitam de apoio ou filtragem. Neste post você verá as principais informações sobre este aparelho, como sua instalação e configuração, por exemplo. Escolhendo o controlador diferencial de temperatura para aquecimento solarVantagens da linha AutomaSol para aquecimento solarComo instalar o controlador AutomaSol TDAComo configurar o controlador AutomaSol TDAExemplo de configuração para sistema com apoioExemplo de configuração para sistema com filtragemInfográfico - Funcionamento do AutomaSol TDAComo apresentar o sistema de aquecimento solar para um cliente? Escolhendo o controlador diferencial de temperatura para aquecimento solar Em primeiro lugar é importante escolher o controlador correto para sua aplicação. Se você ainda não adquiriu um controlador de temperatura para aquecimento solar, é essencial listar suas necessidades antes de realizar a compra. Enquanto alguns controladores são mais simples e possuem apenas saída para circulação, outros são mais completos e possuem até mesmo eventos em horários programados. Se você quer acertar na escolha, acesse "Qual o melhor controlador de temperatura para Aquecimento Solar?" e descubra as diferentes opções de acordo com a sua necessidade. Vantagens da linha AutomaSol para aquecimento solar Se você ainda está em dúvidas sobre o controlador de temperatura ideal para o seu sistema de aquecimento solar, vale a pena conhecer melhor as vantagens da linha AutomaSol. Alimentação bivolt e fixação fácil, por exemplo, são características que fazem os controladores AutomaSol vantajosos tanto para técnicos e instaladores quanto para os usuários. Acesse o post "Vantagens do AutomaSol para instaladores de Aquecimento Solar" e conheça outros benefícios. Como instalar o controlador AutomaSol TDA Você já comprou o controlador e está com dúvidas sobre a instalação? Então este vídeo irá ajudar. Aqui você vai ver como ligar o controlador à rede elétrica, aos sensores de temperatura e à carga (bomba e apoio ou filtragem). Como configurar o controlador AutomaSol TDA Depois que o controlador está instalado é hora de configurar. Neste vídeo você verá desde o ajuste do setpoint até a configuração do apoio para horários específicos, por exemplo. Exemplo de configuração para sistema com apoio Neste vídeo apresentamos um tutorial de uma aplicação em que é necessário configurar o apoio para determinados horários. Vale a pena assistir ao vídeo para que a configuração do aparelho fique ainda mais clara quando for realizada na prática. Exemplo de configuração para sistema com filtragem Da mesma forma que o tutorial de apoio, fizemos também um tutorial de exemplo para configuração da filtragem. Aqui você verá como configurar seu controlador AutomaSol TDA para realizar a filtragem em determinados horários, de acordo com a solicitação do cliente. Infográfico - Funcionamento do AutomaSol TDA Depois que o sistema está instalado e configurado, que tal recaptular seu funcionamento? No post "INFOGRÁFICO – Como funciona o controlador para Aquecimento Solar" você verá de forma bem simples como o controlador AutomaSol TDA funciona, tanto em relação ao apoio quanto em relação à filtragem. Como apresentar o sistema de aquecimento solar para um cliente? E se você quiser visualizar o funcionamento do controlador diferencial de temperatura de forma dinâmica ou mesmo apresentar para os seus clientes? É por isso que temos o Test Drive AutomaSol, onde você pode interagir com o sistema de aquecimento solar e ver como o controlador funciona em diferentes horários do dia.

Demonstração interativa: Tudo sobre o AutomaSol para aquecimento solar

18/09/2019 - Aquecimento Solar
Você trabalha com instalação de sistemas de aquecimento solar? Se a resposta for sim, este post traz uma ferramenta que pode facilitar suas vendas: o Test Drive AutomaSol. Mas o que é isso? Imagine que você pode demonstrar todo o funcionamento do sistema de aquecimento solar de forma visual e interativa. Que o seu cliente pode visualizar a instalação de um jeito fácil e interagir com o controlador antes mesmo de adquirir o equipamento. Essa é a proposta do Test Drive AutomaSol. Como funciona o Test Drive AutomaSol? Primeiramente você deve acessar a página do Test Drive AutomaSol. A página pode ser acessada tanto pelo celular quanto pelo computador e seu funcionamento é exatamente o mesmo. A tela apresentada será semelhante à imagem abaixo. Conforme demonstrado na imagem acima, a tela do Test Drive AutomaSol se divide em duas áreas principais. No lado esquerdo está o controlador de temperatura e o menu interativo, com as opções de visualização. O lado direito apresenta o conteúdo selecionado neste menu. 1. Selecionando o modelo de controlador Após acessar a página você deve selecionar qual o modelo de controlador que deseja demonstrar: AutomaSol TDI ou AutomaSol TDA. A escolha é feita através dos botões na parte superior da tela. 2. Opções do menu interativo O Test Drive AutomaSol possui um menu interativo com 3 opções: funcionamento, ligação elétrica e fixação. A primeira opção é o funcionamento. Ao selecionar essa opção é exibido um esquema gráfico da instalação de aquecimento solar. Os principais elementos do sistema estão destacados, como os coletores e o reservatório, por exemplo. Além disso, esse esquema demonstra quando a bomba ou o apoio são acionados. Outro recurso dessa tela é a barra de horário, ou seja, é possível visualizar como o sistema de aquecimento solar se comporta ao longo do dia. A segunda opção é a ligação elétrica. Nesta tela é demonstrado como ligar o controlador de temperatura à rede elétrica, aos sensores e às cargas. Enquanto o modelo TDI aciona apenas a bomba, o modelo TDA aciona também o apoio. A terceira opção é a fixação. Esta é a única opção idêntica para ambos os modelos. Os controladores AutomaSol permitem a fixação por sobrepor inclusive em caixas 4x2. 3. Utilizando o controlador AutomaSol Os controladores AutomaSol são bastante fáceis de utilizar. Por isso, independente da tela, é possível utilizar algumas teclas do controlador no Test Drive AutomaSol. As teclas Cima e Baixo, por exemplo, alternam a visualização da temperatura no display entre a temperatura dos coletores (T1), do reservatório (T2) e do apoio (T3). Também é possível visualizar o diferencial de temperatura entre os coletores e o reservatório (T1 - T2). A tecla Pump permite alterar o modo de funcionamento da bomba entre manual ou automático. Da mesma forma, a tecla A/F permite alterar o modo de funcionamento do apoio. Controladores de temperatura AutomaSol O controlador diferencial AutomaSol é a solução mais prática e versátil para sistemas de aquecimento solar. Possui instalação e fixação simplificadas, facilitando o trabalho de técnicos e instaladores. Ao mesmo tempo a utilização por parte do usuário é bastante fácil. São diversos recursos e funções que permitem o controle total do sistema. Ao apresentar o sistema de aquecimento solar com o Test Drive AutomaSol, você demonstra ao cliente como o seu trabalho funciona de uma maneira visual. Além de permitir um entendimento mais rápido por parte do cliente, esta ferramenta auxilia a tirar dúvidas e, consequentemente, facilita as vendas.

Vantagens do AutomaSol para instaladores de Aquecimento Solar

12/12/2018 - Aquecimento Solar
Os controladores AutomaSol são utilizados para automatizar sistemas de aquecimento solar tanto para banho quanto para piscinas. Eles possuem diversas vantagens para os usuários, como a facilidade de utilização. Neste post, no entanto, vamos falar sobre as vantagens deste modelo para os técnicos e instaladores. Se você trabalha com aquecimento solar, este post é especialmente para você. Economize seu tempo com a fixação fácil Em primeiro lugar vamos falar de uma das principais características do controladores AutomaSol: seu sistema de fixação. Diferente de outros formatos de controladores no mercado, o AutomaSol pode ser fixado diretamente em caixas 4x2. Além disso, o aparelho possui áreas destacáveis em sua parte traseira, facilitando ainda mais a passagem dos fios no caso de instalações de sobrepor. Também é possível fixar os controladores AutomaSol em uma superfície plana, como uma parede, por exemplo. O controlador possui áreas destacáveis para canaletas na sua parte inferior. A vantagem da alimentação bivolt na instalação elétrica Além da fixação fácil, a instalação elétrica dos controladores AutomaSol também é bastante simples. Uma característica bastante útil destes controladores é a alimentação bivolt (85V a 265V). Ou seja, independente se a tensão da sua rede é 110V ou 220V, a ligação elétrica do AutomaSol é exatamente a mesma. https://www.youtube.com/watch?v=HJlO3HLs7Hw Outra vantagem da alimentação bivolt é a unificação do seu estoque. Se sua área de atuação abrange localidades com tensão 110V e 220V, você não precisa de estoques separados para cada área. O mesmo produto atenderá a todos os seus clientes e será instalado exatamente da mesma forma. Teste o sistema rapidamente com o AutomaSol Você instalou todo o sistema de aquecimento solar e precisa testar o funcionamento da bomba? Ou quem sabe testar o acionamento do apoio? Com os controladores AutomaSol isso é muito prático. Esses controladores possuem teclas que permitem o acionamento automático ou manual dos equipamentos. Dessa forma você pode testar todo o sistema rapidamente pressionando poucas teclas, economizando o tempo de instalação. Dois modelos para várias aplicações em aquecimento solar A linha AutomaSol está disponível em dois modelos: AutomaSol TDI e AutomaSol TDA. Cada um deles pode ser utilizado em diversos sistemas de aquecimento solar, de acordo com a necessidade. O AutomaSol TDI é indicado principalmente para aquecimento de piscinas. Ele possui uma saída a relé para acionamento da bomba (de até 2HP) de acordo com a diferença de temperatura entre os coletores e a piscina. Já o AutomaSol TDA é mais  indicado para sistemas de aquecimento solar para banho ou residências de forma geral, ou para piscinas que possuem sistema de apoio ou filtragem. Ele possui todas as características dos modelo anterior, porém com dois recursos extras muito úteis. Um desses recursos é a segunda saída a relé, que pode ser utilizada para acionamento do apoio ou filtragem. O segundo recurso extra é a agenda de eventos, que permite o acionamento das saídas em horários programados. Agilize suas instalações de sistemas de aquecimento solar com os controladores AutomaSol e deixe seu comentário abaixo sobre este post.

Como instalar o Automasol em sistemas de Aquecimento Solar

05/09/2018 - Aquecimento Solar
Os controladores de temperatura AutomaSol se diferenciam no mercado pela facilidade de instalação e configuração. Além disso, possuem diversas características que tornam essa linha ideal para sistemas de aquecimento solar. Veja neste post como realizar a instalação dos controladores AutomaSol. 1. O que é a linha AutomaSol 2. Como fixar o controlador AutomaSol 3. Informações importantes 4. Como fazer a ligação elétrica do AutomaSol TDI 5. Como fazer a ligação elétrica do AutomaSol TDA 6. Controladores para aquecimento solar Ageon   1. O que é a linha AutomaSol A linha AutomaSol é composta de dois modelos de controladores diferenciais de temperatura para aquecimento solar. Esses controladores acionam uma bomba hidráulica para controlar o fluxo de água entre os coletores e o reservatório, ou entre os coletores e a piscina, por exemplo. O modelo AutomaSol TDI é indicado principalmente para piscinas. Este controlador possui dois sensores e uma saída para a bomba. Já o modelo AutomaSol TDA é utilizado principalmente em sistemas de aquecimento solar residencial. Este modelo possui três sensores e duas saídas, sendo uma para a bomba e outra para apoio. Outra característica desse modelo é a agenda de eventos que permite a execução de eventos em horários programados. Ambos os modelos possuem formato compacto e podem ser instalados diretamente em uma caixa 4x2. Além disso, possuem teclas em seu painel que facilitam a utilização e a configuração. Outro grande diferencial desta linha é a alimentação universal (85V a 265V).   2. Como fixar o controlador AutomaSol Antes de falarmos sobre o esquema elétrico, vamos esclarecer a fixação dos controladores. Estes aparelhos podem ser fixados em caixas 4x2, conforme citado anteriormente. De acordo com a imagem acima é possível visualizar como o controlador é fixado em caixas 4x2. Basta remover a tampa do aparelho e utilizar os dois parafusos para fixá-lo à caixa. Também é possível remover a tampa de passagem dos fios para realizar a ligação dos cabos, permitindo um melhor acabamento.   3. Informações importantes Antes de realizar a ligação elétrica do aparelho é importante se atentar a alguns pontos: Os sensores de temperatura que acompanham os controladores AutomaSol possuem 1,5m de comprimento, mas podem ser aumentados para até 100m com cabo máx PP 2 X 24AWG. Os sensores de temperatura não possuem polaridade, ou seja, os terminais do sensor podem ser invertidos sem problemas, desde que sejam ligados aos bornes corretos. Os parafusos dos bornes dos controladores são M2.5. Dessa forma, o tamanho máximo de chave recomendado é Phillips M1.5, com torque máximo de 0,5Nm. Recomenda-se utilizar fios de entrada e saída com bitola entre 0,2mm² e 2,5mm² e terminais com pino isolado, de acordo com a corrente utilizada.   4. Como fazer a ligação elétrica do AutomaSol TDI Conforme citado anteriormente, o modelo AutomaSol TDI possui dois sensores e uma saída. A ligação elétrica deste modelo é bastante simples e pode ser realizada conforme a imagem abaixo. É importante se atentar à posição dos sensores. Existe um sensor para os coletores e outro para o reservatório. A inversão destes sensores irá prejudicar o funcionamento do sistema de aquecimento. Os bornes de saída do controlador são energizados. Dessa forma, não é necessário realizar nenhum jumper entre os bornes da bomba e de alimentação.   5. Como fazer a ligação elétrica do AutomaSol TDA A ligação elétrica do modelo AutomaSol TDA é muito semelhante ao modelo TDI. Porém, além dos itens anteriores há um sensor e uma saída para o apoio. Veja na imagem abaixo: Da mesma forma que no modelo anterior, é importante se atentar ao local onde cada sensor deve ser fixado. Os bornes de saída do controlador são energizados. Dessa forma, não é necessário realizar nenhum jumper entre os bornes de alimentação com os bornes da bomba ou do apoio.   6. Controladores para aquecimento solar Ageon Além da linha AutomaSol, a Ageon possui outros modelos de controladores de temperatura para aquecimento solar. São linhas com diferentes formatos, modelos e características. Os controladores da Série G, por exemplo, possuem frontal emborrachado resistente a jatos d'água. Já os controladores da Série H possuem sistema multifixação que facilita a instalação de três formas diferentes. Ainda existe a linha SolarTouch, com interface touchscreen e display de LCD 3,5". Ficou em dúvida sobre qual o melhor? Encontre o melhor controlador para a sua necessidade. *** O que achou deste post? Deixe seu comentário abaixo.

Como evitar problemas com sensores de temperatura

06/04/2022 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Refrigeração
Uma preocupação muito comum para quem trabalha com controladores de temperatura, é com problemas que podem ocorrer devido aos sensores de temperatura, que podem ser desde uma medida errada da temperatura, acionamento das cargas de forma inadequada, e até ao consumo de energia elevado. Com isso, possuem algumas ações a serem tomadas para que se possa ter um melhor aproveitamento do equipamento, que pode evitar os problemas com sensores de temperatura. Como melhorar a precisão do sensor de temperatura Em um sistema, dependendo de como um sensor for instalado, podem ocorrer alguns erros, para que possamos evitar devemos ter em mente algumas boas práticas, para que então obter os melhores resultados dos próprios sensores e, consequentemente, do controlador. Conhecer o sensor Algo fundamental para aumentar a precisão do sensor, é saber qual a sua faixa de medição, além do grau de proteção. Com essas informações é possível tomar algumas decisões da melhor forma posicionar no sistema. Posicionamento Sabendo das informações do sensor, agora podemos escolher o melhor lugar para posicioná-lo, para evitar problemas devemos instalá-los afastados de saídas de ar e de fontes de calor. Interferências externas O ambiente onde está instalado até ruídos eletromagnéticos, conseguem atrapalhar a medição de um sensor, e essas interferências podem ocorrer ao passar os cabos dos sensores separados de cabos de alimentação, ou utilizar cabos com mais de 100 metros de comprimento. Os sensores podem ser emendados, desde que sejam utilizados cabos blindados PP 2x24AWG ou 0.5mm (recomendado o uso de tubo termo retrátil para o isolamento). Recomendações gerais Se a divergência de temperatura persistir mesmo após seguir todas as dicas citadas acima, o que pode ser feito é a calibração do sensor. Dependendo do controlador que está sendo utilizado, os parâmetros de calibração são diferentes, para conseguir te auxiliar nessa função, deixamos abaixo uma tabela com os modelos de controladores e os parâmetros utilizados para essa finalidade. ProdutosParâmetros de calibraçãoAutomaSet T102r4AutomaSol TDICA1 e CA2AutomaSol TDACA1, CA2 e CA3Linha Black A102, Linha Black A103 PID,Linha Black A104r4Linha Black A103r4 e U4Linha Black A103 PID U r4 e U4Linha Black A106r4 e d9Linha Black A108C1 e C2Série H101, Série H103,Série H104, Série H105,Série H201 r4 Série H108rA e rbLinha Prime K116 BigDisplay r4 e d9 SmartSet One e Duor4SmartSet Maxr4 e r5SolarTouch SL1CA1 e CA2SolarTouch SL2CA1, CA2 e CA3SolarTouch SL3CA1, CA2, CA3 e CA4 Dessa forma, com as informações de boas práticas acima são pontos principais para que possa ter um melhor funcionamento e possibilita evitar os problemas com sensores de temperatura.Venha conhecer os nossos controladores de temperatura, e conhecer qual o melhor modelo para sua aplicação.

Controlador para aquecimento solar com monitoramento online

16/02/2022 - Aquecimento Solar
A Linha de controladores AutomaSol ganhou novas versões de produto. Agora, os modelos TDI e TDA, possuem a versão WEB para que o nosso controlador solar tenha comunicação com o monitoramento online ArcSys e com a chave de programação FastKey da Ageon. Nesse post você irá ver sobre a Linha de controladores AutomaSol e quais as mudanças com o acréscimo desses dois novos modelos. Automasol Os controladores AutomaSol foram desenvolvidos para aquecimento solar, para isso essa linha é composta por controladores diferenciais de temperatura. Controladores diferenciais de temperatura (CDT) Os controladores diferenciais de temperatura se caracterizam por utilizar as diferenças de temperatura de um coletor e um reservatório.  Assim, a bomba aciona automaticamente quando a temperatura do reservatório baixa mais de 4 graus, e desliga desde que as temperaturas se igualem. Desta forma, sabemos que os controladores dessa linha funcionam. Com isso, vamos ver mais sobre o controladores AutomaSol. Características da Linha AutomaSol A Linha de Produtos AutomaSol possui características que diferencia a aplicação de cada modelo, por exemplo o AutomaSol TDI que com base na diferença de temperatura entre o coletor e o reservatório, ele controla o fluxo de água para que a temperatura entre os dois pontos chegue em um equilíbrio. Já no AutomaSol TDA, além dessa saída a relé, possui outra saída que é utilizada para aquecimento auxiliar (resistência elétrica ou a gás), que geralmente é ativado quando o sistema de aquecimento solar não é capaz de aquecer a água. Estes controladores ainda possuem outras características que facilitam a instalação e utilização do produto. Sendo elas: Alimentação entre 85V a 265V;Fixação em qualquer superfície plana utilizando caixa 4x2 ou a furação com parafusos m2;Não necessita a utilização de jump externo; AutomaSol TDI Saída relé para utilizar bomba de circulação;Parâmetros de proteção contra o congelamento da água na tubulação;Parâmetros de proteção do superaquecimento do reservatório. AutomaSol TDA Saída relé para utilizar bomba de circulação;Possui relógio em tempo real;Função do relé auxiliar para apoio;Função do relé auxiliar para filtragem;Possibilita cadastrar 4 agenda de eventos para apoio, ou para filtragem (desconsidera o sensor utilizado);Parâmetros de proteção contra o congelamento da água na tubulação;Parâmetros de proteção do superaquecimento do reservatório. Comunicação com FastKey e Sistema ArcSys A partir de agora, tanto a FastKey quanto o Sistema ArcSys são produtos complementares e compatíveis com os modelos da Linha AutomaSol TDI WEB e TDA WEB.  A chave de programação, também chamada de FastKey, tem como principal objetivo oferecer ainda mais praticidade na hora de configurar o aparelho, visto que, o usuário pode alterar os parâmetros dos controladores e ainda replicar essa configuração aos demais. Já o sistema ArcSys funciona como monitoramento de temperatura online do controlador, que você pode acessar quando quiser, basta estar conectado à internet. A vantagem de utilizar o sistema é que os dados ficam salvos na nuvem e também há backups de segurança, ou seja, corre menos riscos de perdas de mercadorias. Gostou da nova opção de controlador para aquecimento solar com monitoramento online? Entre em contato com a Ageon para saber como adquirir o seu AutomaSol modelo WEB.

Filtragem da Piscina: economize tempo e dinheiro na instalação

03/02/2021 - Aquecimento Solar
Todo dono de piscina sabe que a filtragem é essencial. Além de eliminar a sujeira suspensa na água, este recurso também auxilia na diluição homogênea dos produtos químicos para que a água fique sempre limpa. É por isso que recomenda-se a filtragem da piscina diariamente. Acontece que realizar essa ação todos os dias de forma manual é bastante trabalhoso, certo? Isso sem contar a possibilidade de falha humana, em que a filtragem é esquecida e a qualidade da água decai com o tempo. Para resolver este problema existem maneiras de realizar a filtragem automaticamente com o auxílio de tecnologia. Temporizador ou timer: o jeito antigo de automatizar a filtragem da piscina Imagine que você possui uma piscina com um sistema de aquecimento solar. Além do controlador de temperatura, há algum tempo atrás os instaladores costumavam utilizar equipamentos adicionais para acionar a motobomba em intervalos de tempo específicos. Geralmente utilizava-se um temporizador (ou timer, como também é conhecido). Apesar de esses equipamentos cumprirem a função de automatizar a filtragem da piscina, a solução ainda precisava de melhorias. Isso porque, além dos custos de adquirir um equipamento extra, o instalador precisava instalar uma chave para acionamento manual da filtragem. O acionamento manual é necessário em situações como o tratamento químico da piscina, em que é preciso acionar a motobomba para que os produtos se diluam em toda a água. O processo de utilizar temporizadores para realizar a filtragem da piscina funcionava bem, mas seu custo era maior devido aos equipamentos e materiais adicionais que eram necessários, além do maior tempo de instalação. Ainda existia um problema relacionado ao acionamento manual, pois o usário poderia esquecer a bomba acionada por mais tempo que o necessário aumentando o consumo de energia elétrica. Controladores de Temperatura com filtragem: a solução ideal Atualmente os instaladores possuem recursos mais avançados que permitem realizar toda essa automação de forma muito mais rápida e barata. Seguindo o mesmo exemplo anterior, hoje é possível controlador uma piscina com sistema de aquecimento solar e filtragem utilizando apenas um controlador de temperatura. Para realizar esta função, basta utilizar um controlador de temperatura como o AutomaSol TDA, da Ageon. Além de controlar o sistema de aquecimento, esses controladores possuem uma saída extra. Esta saída funciona como algo próximo a um "temporizador embutido", ou seja, permite acionar a filtragem automaticamente em períodos específicos. Além disso, o AutomaSol TDA também permite o acionamento manual da filtragem com o simples toque de uma tecla em seu painel. Quando esta tecla é pressionada, a bomba fica ligada pelo tempo definido no parâmetro AP0, evitando que o desperdício de energia causado por manter a bomba ligada acima do tempo necessário. Utilizar o controlador AutomaSol TDA para controlar o aquecimento e a filtragem da piscina pode representar uma economia de tempo e dinheiro para o instalador, já que dispensa a utilização de um temporizador e dos demais materiais elétricos necessários no tópico anterior. Utilizando o controlador AutomaSol TDA para filtragem da piscina Se você quer reduzir o custo e o tempo de instalação de um controlador para a temperatura e a filtragem da piscina, listamos abaixo o passo a passo de como configurar a filtragem automática no AutomaSol TDA. Configure a saída auxiliar para para Filtragem Para ajustar a saída auxiliar do controlador para realizar a filtragem automática é preciso definir o parâmetro Rc0 = 2. Agende os horários de filtragem Para determinar os horários em que a filtragem deve ocorrer é preciso configurar eventos. O AutomaSol TDA permite até 4 agendas de eventos e cada evento deve ser configurado da seguinte forma:• Frequência do evento (FE1 a FE4): determina quais dias da semana a filtragem deve ocorrer;• Função do evento (FC1 a FC4): deve ser ajustado com o valor 2 para determinar o evento com filtragem;• Início do evento (Hn1 a Hn4): determina o horário de início da filtragem;• Fim do evento (HF1 a HF4): determina o horário de fim da filtragem. Defina o tempo de filtragem manual O controlador AutomaSol TDA permite que o usuário inicie a filtragem da piscina ao pressionar a tecla A/F em seu painel. Para determinar a duração da filtragem manual é preciso ajustar o parâmetro AP0 para a duração desejada (de 1 a 600 minutos). Deseja saber mais sobre os controladores de temperatura AutomaSol TDA? Entre em contato com nossa equipe e conheça outras vantagens deste modelo para sistemas de aquecimento solar.

A bomba de circulação da piscina ou do boiler não liga. E agora?

21/01/2021 - Aquecimento Solar
Como visto em outros posts aqui do blog, a Ageon fabrica controladores próprios para aquecimento solar, tais como: Automasol TDI, Automasol TDA, A108, H108 e Solar Touch. Eles saem de fábrica pré-programados para uso, ou seja, basta ligá-lo à rede elétrica e à bomba de circulação que o sistema irá funcionar no primeiro uso. Contudo, nossa equipe de suporte técnico recebe contatos de clientes relatando a seguinte situação: "a bomba de circulação do meu sistema de aquecimento solar não liga. E agora?" Reunimos abaixo alguns dos motivos mais comuns para a bomba de circulação não ligar, seja em sistemas de aquecimento solar para piscinas ou para boilers. Display apresentando E01 ou E02Temperatura do reservatório ou da piscina maior que o Setpoint (Parâmetro P2)Parâmetros de proteção do controladorProblema no posicionamento do sensorEmenda do sensor alterando o valor de temperatura medida Display apresentando E01 ou E02 Causa: O controlador acusa o E1 ou E01 quando o sensor 1 está desconectado e E2 ou E02 quando o sensor 2 está desconectado. Se qualquer sensor estiver desconectado, por questões de segurança, a bomba não liga. Como resolver: Para resolver esse problema, a solução é simples: verifique a instalação dos sensores nos terminais do controlador. Cada controlador possui um esquema de ligação diferente, porém deve-se seguir o esquema conforme o manual. Segue um exemplo de instalação, do controlador Automasol TDI: Lembrando que na maioria das instalações os sensores possuem uma emenda no cabo, então o problema de ausência de conexão do sensor pode estar na instalação, nos bornes ou na própria emenda do cabo. Temperatura do reservatório ou da piscina maior que o Setpoint (Parâmetro P2) Todos os controladores para aquecimento solar da Ageon, citados anteriormente, possuem uma temperatura de setpoint máxima para ligar a bomba, ou seja, há uma temperatura máxima preestabelecida para o sensor 2 (que fica na piscina ou no reservatório), e se por ventura a mesma seja alcançada, a bomba não irá ligar, mesmo havendo bastante incidência solar. Esse setpoint seria o parâmetro P2, que na maioria dos controladores é pré-configurado para 30 °C, ou seja, o valor para que a piscina ou reservatório alcance no máximo 30 °C. Como Identificar: Portanto, se a bomba não estiver ligando, faça uma comparação entre a sua temperatura real no sensor 2 e o parâmetro P2. Caso necessário, aumente a temperatura no parâmetro P2, assim a bomba vai trabalhar mais e o reservatório ou a piscina irá alcançar uma temperatura maior. Contudo se a piscina ou boiler estiver muito quente, basta diminuir no parâmetro P2. Na maioria dos controladores, basta segurar as teclas “cima” e “baixo” ao mesmo tempo até aparecer “Cd” na tela, para configurar a tabela de parâmetros. “Cd” seria o código de desbloqueio, nele é necessário colocar o valor 28. Após colocar “Cd = 28”, é possível configurar todos os parâmetros, como o P2. Lembrando que em alguns modelos de controladores, como o Automasol TDI e o A108, o parâmetro P2 pode ser alterado também na tela inicial do controlador através da tecla “SET” + setas “cima” e “baixo”, que seria o setpoint. Parâmetros de proteção do controlador Todo controlador da Ageon específico para aquecimento solar possui diversos parâmetros de proteção, esses parâmetros servem para que o sistema funcione corretamente sem que nenhum elemento seja danificado devido a uma possível alta temperatura. Existem certas proteções no controlador que, quando ativas, impedem que a bomba ligue. Um exemplo de proteção é o parâmetro P2 citado anteriormente neste post, que seria a temperatura máxima programada para a piscina ou reservatório. Porém existem outros parâmetros que também podem impedir que a bomba ligue, como o parâmetro P1, que seria a proteção de temperatura máxima nos coletores solares. Este parâmetro serve basicamente para impedir que a bomba ligue caso a temperatura da água nos coletores seja maior que a temperatura suportada pela tubulação da residência. No geral, instalações que possuem canos de PVC, suportam água com temperatura na faixa entre 50 e 60 ºC, e caso a temperatura na água do coletor esteja com, por exemplo, 80 ºC, o cano poderá romper, ocasionando um severo vazamento. Portanto, caso a bomba não esteja ligando e os procedimentos citados anteriormente neste post tenham sido seguidos, compare as temperaturas reais nos sensores 1 e 2 com os parâmetros de proteção do controlador, que na sua maioria possuem a nomenclatura “P”, como por exemplo P1, P2, P3 e etc. Problema no posicionamento do sensor A bomba de circulação entre coletor solar e piscina ou reservatório, funciona através da diferença de temperatura entre dois sensores, sendo eles: o sensor 1 que fica nas placas solares (coletores) e o sensor 2 que fica na tubulação da piscina ou boiler. Porém, é fundamental que esses sensores estejam bem posicionados, caso contrário, a bomba não irá funcionar corretamente. Causa: Acompanhamos diversas instalações na qual o sensor 2 estava posicionado no lado de fora do cano e enrolado com uma fita isolante. Esse é um modo incorreto de posicionar o sensor pois, dessa maneira, o sensor acaba por não conseguir medir a temperatura da água na tubulação e sim a temperatura externa do cano, que no geral é a casa de máquinas do boiler ou piscina (que na maioria do tempo está sempre muito quente, perto dos 35 ºC). Esse é um fator que faz com que o sensor 2 acabe por sempre mostrar uma temperatura entre 30 e 35 ºC, porém a água da piscina ou reservatório está fria. Como identificar: Quanto menos isolado o sensor estiver na tubulação, maior será a diferença de temperatura real da água comparado com a temperatura de visualização do sensor 2 no controlador. É comum os clientes alegarem que a piscina ou reservatório está fria, perto dos 24 ºC, e o sensor 2 marcar perto dos 32 ºC. Isso ocorre devido justamente ao mal posicionamento do sensor. Como resolver esse problema? Para um bom funcionamento do sistema, o sensor 2 precisa medir com a maior precisão possível a temperatura da água que está passando na tubulação. Para resolver o problema de posicionamento de sensor, existe uma solução que seria utilizar poço termométrico, também chamado de luva térmica. O poço termométrico é basicamente uma junção de cano com alta capacidade de condução de temperatura, que possui um nicho para posicionar o sensor. Sendo corretamente posicionado nesse nicho, o sensor irá medir a temperatura com precisão. Lembrando que além de utilizar o poço, deve-se utilizar um isolante térmico (como uma espuma térmica) para isolar bem a abertura do nicho onde o sensor se posiciona. Emenda do sensor alterando o valor de temperatura medida Os sensores de temperatura dos controladores da Ageon são do tipo NTC. O sensor NTC basicamente possui um valor de resistência, em Ohms, que se alterna conforme a temperatura na sua base. Portanto, a todo momento o controlador mede essa resistência do sensor a fim de gerar um valor de temperatura. Praticamente em todas as instalações de aquecimento solar, os instaladores efetuam uma emenda no cabo dos sensores para poder colocá-los em locais mais distantes do controlador. Dependendo do tipo de cabo utilizado ou a forma como será emendado, poderá haver uma variação no valor de resistência do conjunto (cabo + emenda) fazendo com que a temperatura medida pelo controlador seja diferente da real. Causa: Em diversos acompanhamentos de instaladores e clientes finais, viu-se que a temperatura do sensor 2 no controlador estava com um valor muito acima do real devido a utilização de um cabo inadequado para a emenda, fazendo com que a bomba não ligue em nenhum momento. Como identificar: Para fazer uma comparação de temperatura do sensor com e sem emenda, a Ageon recomenda efetuar um teste utilizando um copo de água com temperatura ambiente. O teste é simples, coloque o sensor sem emenda dentro do copo de água e veja qual temperatura marca, em seguida acrescente a emenda no sensor, coloque dentro do copo novamente e veja qual temperatura está marcando. Caso as duas temperaturas sejam parecidas ou próximas, significa que a emenda está adequada. Como resolver: Para efetuar uma boa emenda no sensor, utilize cabos PP de cobre puro com bitola de 0,75 mm² ou 1 mm². Esses tamanhos são adequados para ter uma emenda firme sem que a resistência do cabo influencie no valor da temperatura.O que achou deste post? Quer saber mais sobre os controladores para aquecimento solar Ageon? Caso não tenha solucionado suas dúvidas com este artigo, entre em contato com nossa equipe de suporte técnico ou deixe seu comentário abaixo:

Qual o melhor controlador de temperatura para Aquecimento Solar?

07/10/2020 - Aquecimento Solar
Para que um sistema de aquecimento solar funcione perfeitamente é necessário um controle de temperatura eficiente. Seja no aquecimento de água para banho ou para piscinas, um controlador de temperatura de qualidade faz a diferença nos resultados obtidos com a instalação. Além da qualidade do controlador, também é importante verificar os recursos que cada aplicação exige. Existem diversas opções de controladores no mercado, cada uma com suas particularidades. Para facilitar esta escolha criamos este guia para ajudá-lo a identificar o melhor controlador para o seu sistema de aquecimento solar. Qual controlador devo escolher? Antes de adquirir seu aparelho é importante ter em mente as necessidades do seu sistema de aquecimento solar. Alguns sistemas precisam apenas do acionamento da bomba de circulação. Em outros casos é necessário acionar um apoio quando a água não atinge uma temperatura específica. Existem ainda situações onde é preciso mais de um apoio. Cada aplicação pode exigir um tipo específico de controlador de temperatura e por isso é importante conhecer as opções. Veja abaixo: Acionamento automático da bombaAcionamento da bomba e apoio (com agenda de eventos)Bomba, apoio, agenda de eventos e filtragem ou recirculação Acionamento Automático da Bomba Alguns modelos de controladores de temperatura realizam apenas o acionamento automático da bomba de circulação. São a opção mais simples de controladores para aquecimento solar. De acordo com a diferença de temperatura entre os coletores e o reservatório, esses aparelhos acionam a bomba para equilibrar a temperatura entre os dois pontos. Apesar de utilizados também em sistemas de aquecimento para banho, na maioria dos casos esse tipo de controlador é utilizado em piscinas. Entre as principais opções da Ageon para este tipo de aplicação estão os modelos AutomaSol TDI, SolarTouch SL1 e Linha Black A108. Acionamento da Bomba e Apoio (com Agenda de Eventos) Em sistemas de aquecimento solar para banho é comum a utilização de um apoio para aquecer a água em dias de menor incidência de sol. Geralmente o apoio é composto de uma resistência elétrica presente no reservatório. Controladores de temperatura para acionamento da bomba de circulação e um apoio são os mais comuns no mercado. Em alguns casos é preciso realizar algumas funções em horários definidos, ou em determinados dias da semana. Para esses casos existem controladores com agenda de eventos. Eles permitem a desativação do sistema ou o acionamento do apoio em horários específicos, de forma automática. Os controladores Ageon que possuem esse recurso são o AutomaSol TDA, e o SolarTouch SL2. Este último ainda possui um recurso adicional: o segundo apoio. Bomba, Apoio, Agenda de Eventos e Filtragem ou Recirculação Em alguns projetos mais complexos é necessário que o controlador de temperatura também automatize outros processos. Seja a filtragem da água em piscinas, ou mesmo a recirculação da água na tubulação, é preciso um controlador robusto que permita o controle total do sistema em um único aparelho. Para esses casos, exite o SolarTouch SL3, que possui quatro saídas. A primeira saída é responsável pelo acionamento da bomba de circulação. A segunda e terceira saídas são destinadas ao apoio.  A quarta saída é configurável e pode acionar o terceiro apoio, a filtragem da água ou a recirculação.

INFOGRÁFICO – Como funciona o controlador para Aquecimento Solar

25/06/2020 - Aquecimento Solar
Os controladores AutomaSol TDA são muito utilizados para sistemas de aquecimento solar residenciais. Por possuírem duas saídas (uma para a bomba e outra para apoio ou filtragem) e agenda de eventos é comum se perguntar como funciona o controlador para aquecimento solar. Neste infográfico você verá a lógica de funcionamento de cada uma das saídas.