Busca: 4 sensores de temperatura

Aquecimento Solar: Tudo sobre controladores diferenciais de temperatura

07/04/2021 - Aquecimento Solar
Os controladores de temperatura utilizados em sistemas de aquecimento solar se diferenciam dos demais controladores do mercado. Eles possuem diversas particularidades, desde a lógica de funcionamento até a função de suas saídas a relé. Neste post vamos esclarecer essas particularidades e apresentar todos os detalhes dos controladores diferenciais para aquecimento solar. O que é um controlador diferencial de temperatura? Apesar de possuírem uma lógica diferente dos controladores comuns, o funcionamento de um controlador diferencial de temperatura é simples. Para esclarecer seu funcionamento, vamos usar como exemplo um sistema de aquecimento solar para banho. Um sistema de aquecimento solar para banho é composto de basicamente de coletores, reservatório e bomba de circulação. A água gelada chega aos coletores, onde é aquecida. Em seguida a água quente deve ser enviada ao reservatório, por meio de uma bomba. É a partir do reservatório que a água quente fica disponível para utilização em chuveiros e torneiras, por exemplo. Em um sistema como este, um controlador diferencial de temperatura é utilizado para acionar a bomba automaticamente. Este tipo de controlador possui pelo menos dois sensores. Um sensor é fixado nos coletores, enquanto o outro fica no reservatório ou piscina. É preciso ajustar uma diferença de temperatura (diferencial) a partir da qual a bomba será acionada pelo controlador. Supondo que o diferencial seja ajustado para 4°C, sempre que a temperatura dos coletores estiver 4°C acima da temperatura do reservatório, a bomba será acionada pelo controlador. Existem alguns modelos de controladores diferenciais de temperatura que, além da bomba, acionam também um apoio. O apoio serve para aquecer a água do reservatório em dias frios ou com menor incidência de luz solar. Principais funções do controlador diferencial de temperatura O controle de temperatura em sistemas de aquecimento solar costuma ser realizado de forma diferente de outras aplicações. Os controladores diferenciais de temperatura, ou CDT, possuem algumas funções extras para o funcionamento desse tipo de aplicação. Entre as principais estão: Apoio Em alguns sistemas de aquecimento solar existe a necessidade de utilizar apoios. Os apoios servem para aquecer a água nos casos em que a incidência de Sol não é suficiente para manter a água na temperatura desejada. Geralmente o apoio pode ser uma resistência elétrica, um aquecedor a gás ou um trocador de calor. Existem ainda situações em que são utilizados dois ou mais apoios simultâneos, na maioria das vezes em aplicações com grande volume de água, como hotéis e pousadas. Os controladores com função de apoio possuem uma saída a relé que é acionada sempre que a temperatura da água em determinado ponto esteja abaixo de um valor predefinido. Agenda de Eventos Os usuários de sistemas de aquecimento solar também podem utilizar a agenda de eventos, recurso presente em alguns controladores. A agenda de eventos permite o agendamento de tarefas automaticamente em determinados dias e horários. Assim, é possível desativar o sistema aos finais de semana, ou ligar o apoio todos dias às 18:00h, por exemplo. Os controladores com este recurso possuem relógio em tempo real, permitindo o ajuste de horários para a realização de tarefas. Filtragem Alguns modelos de controladores de temperatura para aquecimento solar também possuem saída para filtragem. Geralmente esses modelos também possuem agenda de eventos, permitindo a filtragem automática em determinados horários do dia. Os controladores com esta função possuem, na maioria dos casos, uma saída a relé que pode ser utilizada para apoio ou para a filtragem. Modelos de Controladores Diferenciais de Temperatura da Ageon A Ageon possui diversos modelos de controladores diferenciais de temperatura. Entre eles destacam-se: Os controladores Linha Black A108, que possui 6 teclas que facilitam sua configuração e utilização, sem contar o design sofisticado e moderno.Os controladores H108 Color e H108 Web, com formato diferenciado e sistema multifixação;Os controladores SolarTouch SL1, SolarTouch SL2 e SolarTouch SL3, com interface touchscreen e opções com agenda de eventos e até 3 apoios simultâneos;Os controladores AutomaSol TDI, que podem acionar diretamente bombas de até 2HP e possuem formato compacto com fixação por sobrepor. Cada um dos modelos citados possui características particulares, que podem ser utilizadas em uma série de sistemas de aquecimento solar para banho ou piscinas. Você instala ou revende produtos para aquecimento solar? Saiba mais sobre os controladores diferenciais da Ageon clicando aqui

Como calibrar o sensor do controlador de temperatura

10/06/2020 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Refrigeração
O que fazer quando o controlador de temperatura não apresenta a temperatura correta? A resposta é: calibrar o sensor do controlador. Neste post você verá porque essa divergência acontece e como resolver este problema. Por que a temperatura está diferente? Em primeiro lugar precisamos entender o motivo do problema. Para ilustrar a situação, imagine o seguinte cenário: Você possui uma geladeira que deve ser mantida a 5°C e utiliza um termostato para realizar o controle da temperatura. Para verificar se o sistema está funcionando bem, você utiliza um termômetro aferido e percebe que na verdade a temperatura está estabilizada em 4,5°C. Apesar de parecer um grande problema, na verdade essa situação é bastante comum. Existem diversas causas possíveis para haver esta diferença entre a temperatura mensurada por equipamentos diferentes. Uma das causas mais comuns é a utilização de sensores com cabos muito longos, por exemplo, cuja resistência do próprio cabo interfere na medição. Outras causas possíveis são o sensor danificado e também emendas mal realizadas. Por isso é importante se atentar às boas práticas ao realizar a emenda de um sensor de temperatura. Como calibrar o sensor do termostato? Agora que você já sabe as causas pelas quais ocorre a diferença de medição de temperatura, é hora de resolver este problema e calibrar o sensor de temperatura. Em resumo, a calibração do sensor permite adicionar ou subtrair um valor à temperatura medida de forma a anular a diferença identificada. Vamos voltar ao exemplo da geladeira anterior: Caso a temperatura medida pelo controlador seja de -5°C e o termômetro apresente a temperatura de -4,5°C, a diferença é de 0,5°C. Ou seja, é necessário adicionar 0,5°C à temperatura medida pelo controlador para chegar ao valor correto. Nos controladores da Ageon o procedimento indicado para calibrar o sensor envolve apenas três passos: Identifique a referência Selecione um instrumento de medição aferido para usar como referência de temperatura. Posicione o mesmo no local em que a temperatura deve ser medida, no mesmo local onde o sensor do controlador é fixado. É importante ressaltar que a posição do sensor não deve ficar próxima de fontes de calor ou outros dispositivos que interfiram no controle de temperatura, como é o caso de resistência elétricas ou ventiladores, por exemplo. Faça a comparação Após as temperaturas do termômetro e do controlador se estabilizarem, efetue a comparação entre as duas. No exemplo citado anteriormente o controlador está exibindo 5°C enquanto o termômetro marca 4,5°C. Calibre o sensor Verifique a diferença entre as temperaturas medidas. No exemplo a temperatura do controlador está 0,5°C acima da referência utilizada. O valor do parâmetro de calibração é somado à leitura do sensor. Assim, para calibrar o aparelho basta configurar o parâmetro de calibração para -0,5°C. Nos controladores de temperatura Ageon o parâmetro de calibração é o "r4" e permite a variação de até 20°C para mais ou para menos. Realizando o procedimento descrito anteriormente seu controlador de temperatura irá aprensentar a temperatura correta no display. Recomendamos realizar a calibração do sensor de temperatura sempre que houver alguma alteração no sensor, como a substituição, alteração de posicionamento ou emenda dos cabos, por exemplo.

Linha Black A103: o controlador de temperatura 6 em 1 da Ageon

28/05/2020 - Charcutaria e Homebrewing, Refrigeração
É bastante comum no mercado de controladores de temperatura termos modelos específicos para determinadas funções. Um controlador possui função de temporização, enquanto outro possui função de duplo estágio e outro possui função de controlador duplo. Mas e se um único modelo de controlador pudesse ser utilizado para todas essas aplicações e outras mais? É justamente por isso que existem os controladores Linha Black A103. O que é o controlador Linha Black A103? Os controladores de temperatura A103 fazem parte da Linha Black da Ageon. Esta linha de controladores se destaca pela facilidade de instalação, duas formas de fixação (presilhas ou parafusos), e pelo design moderno. O painel frontal possui 6 teclas que facilitam tanto a configuração do aparelho quanto sua utilização. O modelo A103 é um controlador para aquecimento e refrigeração que possui dois sensores de temperatura e duas saídas a relé. A função das saídas é configurável, ou seja, é possível selecionar uma das 6 opções de funcionamento. O A103 pode ser configurado nos seguintes modos de acordo com a necessidade: Controlador duplo estágioControlador duplo (2 em 1)Controlador com degelo elétricoControlador com degelo por gás quenteControlador com timer cíclicoControlador para resfriador de leite A seleção do modo de funcionamento é realizada através do parâmetro "Fu". Abaixo descrevemos cada um dos modos do controlador Linha Black A103. A103 como controlador duplo estágio Já abordamos aqui no blog alguns posts sobre controladores duplo estágio. Os controladores duplo estágio utilizam apenas um sensor de temperatura, mas permitem o acionamento de duas saídas, cada uma com um setpoint diferente. Em outras palavras, é possível acionar cada relé em um ponto distinto da escala térmica. Cada uma das saídas pode atuar tanto para aquecimento quanto para refrigeração. Para configurar o controlador A103 como controlador duplo estágio o parâmetro "Fu" deve ser ajustado com o valor 1. A103 como controlador duplo (2 em 1) Um controlador duplo funciona como dois controladores diferentes, mas em um único aparelho. Por isso também podem ser chamados de controladores 2 em 1. Quando configurado desta forma, cada uma das saídas do controlador A103 é acionada de acordo com um sensor. Isso permite o controlador de temperatura em dois ambientes distintos, por exemplo, com setpoints diferentes. Cada conjunto de sensor/saída pode funcionar para aquecimento ou para refrigeração. Para configurar o controlador A103 como controlador duplo o parâmetro "Fu" deve ser ajustado com o valor 2. A103 como controlador com degelo elétrico Ao configurar o parâmetro "Fu" do controlador A103 com o valor 3, o aparelho funcionará no modo refrigeração com degelo elétrico. Dessa forma, a primeira saída e o primeiro sensor são relacionados ao sistema de refrigeração, enquanto a segunda saída e o segundo sensor são relacionados à resistência de degelo. É possível configurar o controlador para uma câmara de congelados e definir ciclos de degelo a cada 8 horas, por exemplo. Nesse modo de funcionamento, enquanto o degelo estiver ativo a saída da refrigeração fica desativada. A103 como controlador com degelo por gás quente Quando o parâmetro "Fu" for configurado com o valor 4 o controlador A103 funciona no modo refrigeração com degelo por gás quente. Este modo é muito semelhante ao modo citado acima, mas apresenta uma diferença básica. Durante o degelo, tanto a saída do compressor quanto a saída de degelo ficam acionadas. A103 como controlador com timer cíclico O controlador Linha Black A103 também possui a opção de timer cíclico, que é definido pelo parâmetro "Fu" em 5. Neste modo, o controlador pode ser utilizado para aquecimento ou refrigeração. Enquanto o primeiro sensor e a primeira saída sejam responsáveis pelo controle da temperatura, o segundo sensor não é utilizado e a segunda saída é acionada em ciclos de tempo configuráveis. A103 como controlador para resfriador de leite O último modo de funcionado do controlador Linha Black A103 foi desenvolvido especialmente para tanques resfriadores de leite. Quando o parâmetro "Fu" é definido em 6, a primeira saída do controlador é utilizada exclusivamente para refrigeração, ao mesmo tempo em que a segunda saída geralmente aciona um agitador. Dessa forma, primeiro sensor e a primeira saída do controlador estão relacionados ao controle de temperatura. Enquanto isso, o segundo sensor não é utilizado, e a segunda saída é acionada em intervalos de tempo ajustavéis. No entanto, diferente do modo de funcionamento anterior, o ciclo de acionamento da segunda saída está relacionada ao acionamento da primeira saída. Como isso ocorre? Simples: enquanto a saída de refrigeração estiver acionada, a segunda saída também fica acionada. Quando a refrigeração é desativada, a segunda saída entra em um ciclo de acionamentos previamente definido.

Guia Definitivo dos Controladores de Temperatura Ageon

08/04/2020 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Refrigeração
A Ageon fabrica diversos modelos de controladores de temperatura, destinados a diferentes aplicações. São modelos para aquecimento ou refrigeração, com temporizador cíclico, gerenciamento de degelo, entre outras funções. Toda essa variedade pode confundir as pessoas que não estão habituadas com os nossos produtos. Pensando nisso, resolvemos criar o Guia Definitivo dos Controladores de Temperatura Ageon. Abaixo descrevemos de maneira clara e direta as principais diferenças entre as nossos modelos de controladores. Confira: Controladores simplesControladores para resfriados (degelo natural) Controladores para congelados (degelo elétrico ou por gás quente) Controladores com timer cíclico (temporização)Controladores com timer cíclico e controle PIDControladores com timer cíclico e monitor de tensãoControladores com dois estágiosControladores duplos (2 em 1)Controladores com timer cíclico, dois estágios e controlador duplo (tudo em 1)Controladores diferencias de temperatura (CDT)Controladores de temperatura até 200°CControladores com monitoramento online Controladores de temperatura simples Os modelos 101 (G101, G101 Web, H101, H101 Web e K101) são controladores on-off simples. Possuem um sensor e uma saída a relé, que pode ser utilizada para acionar um sistema de aquecimento ou refrigeração. São os modelos mais versáteis, utilizados em diversas aplicações diferentes. Na Linha Black, o modelo equivalente é o A102, que também possui um sensor e uma saída a relé. Além disso, este modelo também possui opção de gerenciamento de degelo natural quando utilizado para refrigeração. Controladores de temperatura para resfriados (degelo natural) Os controladores de temperatura com final 102 (G102, G102 Web, K102 e K102 Web) são destinados à refrigeração. Possuem um sensor e uma saída a relé, utilizada geralmente para acionar um compressor. Possuem também funções para gerenciamento de degelo natural, desativando o compressor em intervalos de tempo configuráveis. Costumam ser utilizados em balcões de resfriados e expositores de bebidas.Os modelos G102 Plus e A102 possuem também a função aquecimento. Caso estes aparelhos sejam utilizados para esta função, todas as configurações relacionadas ao degelo natural são desativadas. Controladores de temperatura para congelados (degelo elétrico ou por gás quente) Os controladores de temperatura 106 (G106, G106 Web, K106 Web e A106) são utilizados principalmente para aplicações em sistemas de refrigeração de congelados. Possuem dois sensores de temperatura: um para o ambiente e outro para degelo. Possuem também três saídas a relé: uma para temperatura, uma para degelo e outra para os ventiladores. Permitem o gerenciamento de degelo elétrico ou por gás quente. São indicados principalmente para ilhas de congelados, câmaras frigoríficas, entre outras aplicações. Controladores de temperatura com timer cíclico (timer cíclico) Os modelos G103, H103 e K103 são controladores com funções de temporização. Possuem um sensor de temperatura e duas saídas. A primeira saída permite o controle de temperatura, enquanto a segunda saída possui diferentes funções de temporização (timer cíclico, degelo elétrico ou por gás quente). Podem ser utilizados tanto para aquecimento quanto para refrigeração e entre as principais aplicações estão chocadeiras e resfriadores de leite. Veja também os controladores tudo em um. Controladores de temperatura com timer cíclico e controle PID Os controladores G103 PID, K103 PID e A103 PID são indicados principalmente para chocadeiras e incubadoras. Possuem um sensor de temperatura, uma saída TRIAC e uma saída a relé. A saída TRIAC é utilizada para aquecimento e possui controle PID, ou seja, garante mais precisão e estabilidade térmica. A saída a relé possui função de timer cíclico e pode ser utilizada para o acionamento do motor de viragem automática dos ovos. O modelo K103 PID U possui ainda uma outra saída, utilizada para controle de umidade. Este modelo pode ser utilizado tanto para aquecimento quanto para refrigeração e são indicados também para câmaras de maturação e outros processos de charcutaria. Controladores de temperatura com timer cíclico e monitor de tensão Os controladores de temperatura 104 (G104, H104 e A104) são utilizados principalmente em tanques resfriadores de leite. Possuem um sensor e duas saídas a relé. A primeira saída é utilizada para controle de temperatura, enquanto a segunda saída possui funções de temporização para acionamento do agitador. O monitor de tensão incorporado protege o equipamento de flutuações na rede elétrica ( subtensão ou sobretensão). Controladores de temperatura com dois estágios Os modelos 105 (G105 e H105) são controladores de dois estágios. Possuem um sensor e duas saídas a relé. A primeira saída pode ser utilizada para aquecimento ou refrigeração. A segunda saída também possui essas opções e ainda pode ser configurada como alarme. Os modelos 105 permitem, por exemplo, acionar uma resistência elétrica e um compressor com um único controlador. Geralmente são utilizados na fabricação de cerveja artesanal e em aquários, por exemplo. Veja também os controladores tudo em um. Controladores de temperatura duplos (2 em 1) O modelo G107 é um controlador duplo, ou seja, possui a função de dois controladores em um único aparelho. Possuem dois sensores e duas saídas a relé. Permitem controlar dois equipamentos diferentes, cada um com configurações independentes entre si. São indicados para diversas aplicações, como sistemas de ar condicionado e adegas. Veja também os controladores tudo em um. Controladores de temperatura com timer cíclico, dois estágios e controlador duplo (tudo em 1) Os controladores de temperatura A103 possuem diversas funções em um único aparelho. Possuem dois sensores de temperatura e duas saídas a relé que podem ser configuradas tanto para aquecimento quanto para refrigeração. O modelo A103 pode atuar em três lógicas distintas: Controlador duplo estágio - Utiliza apenas um sensor e aciona duas cargas distintas, cada uma com um setpoint distinto. Pode ser utilizado tanto para sistemas de aquecimento ou refrigeração quanto para acionamento de alarmes; Controlador duplo - Funciona como dois controladores de temperatura independentes. Cada uma das saídas é acionada de acordo com um sensor, permitindo setpoints distintos; Controlador com temporização - A primeira saída controla a temperatura, enquanto a segunda saída funciona de acordo com uma temporização cíclica. Controladores diferencias de temperatura (CDT) Os controladores 108 (G108, G108 Web, H108 e H108 Web) são destinados a sistemas de aquecimento solar. Possuem três sensores de temperatura: um para os coletores, um para o reservatório e outro para o apoio. Também possuem duas saídas a relé, sendo que a primeira é utilizada para acionamento da bomba de circulação e a segunda saída é utilizada para acionamento do apoio. Na Linha Black ainda existe o modelo A108, que também funciona como controlador diferencial de temperatura. No entanto este modelo não possui saída para apoio. Possui dois sensores de temperatura (um para os coletores e outro para o reservatório) e uma saída para acionamento da bomba de circulação. Os modelos AutomaSol TDI e AutomaSol TDA também são controladores diferenciais de temperatura. A linha AutomaSol possui fixação por sobrepor e teclas de acesso facilitado que agilizam o trabalho de técnicos e instaladores. O modelo AutomaSol TDI possui uma saída para bomba e dois sensores de temperatura (coletores e reservatório). Já o modelo AutomaSol TDA possui duas saídas (uma para bomba e outra para apoio ou filtragem) e três sensores de temperatura (coletores, reservatório e apoio). Além disso, o modelo TDA possui agenda de eventos semanal para a programação de eventos automáticos em horários predeterminados. Os controladores da linha SolarTouch também possuem controle por diferencial de temperatura. Todos os modelos desta linha possuem interface touchscreen e display de LCD 3,5". O modelo SL1 possui dois sensores e uma saída. O modelo SL2 possui três sensores e três saídas a relé (uma para bomba e duas para apoios). Possui também agenda de eventos semanal para programação de eventos. Já o modelo SL3 possui todas as funções do modelo anterior, porém possui quatro sensores de temperatura e ainda uma quarta saída que pode ser utilizada como terceiro apoio, filtragem ou recirculação. Controladores de temperatura até 200°C Os controladores de temperatura 201 (G201 e H201) são utilizados para aplicações que atingem temperaturas até 200°C. Possuem um sensor e uma saída a relé e são utilizados principalmente em estufas, fornos e fritadeiras. Controladores de temperatura com monitoramento online Todos os controladores com final Web possuem conectividade com o sistema de monitoramento ArcSys. Isso significa que podem ser supervisionados através de um dispositivo conectado à internet (seja um celular, tablet ou computador). O ArcSys permite a alteração de parâmetros, a criação de relatórios e até mesmo a configuração de alarmes por e-mail.

Como instalar o controlador de temperatura A103 PID em Chocadeiras?

26/02/2020 - Chocadeiras
Você possui um controlador de temperatura A103 PID e deseja ver como instalar o aparelho em sua chocadeira? Neste post vamos demonstrar o como é fácil conectar o controlador à resistência, ao motor de viragem e aos sensores de temperatura. O que é o controlador de temperatura A103 PID? O modelo A103 PID é um controlador de temperatura desenvolvido pela Ageon especialmente para chocadeiras e incubadoras. Para que as chocadeiras apresentem uma boa taxa de eclosão é necessário que haja precisão e estabilidade térmica. É por isso que o controlador A103 PID possui uma saída TRIAC para controle PID da resistência elétrica. O controle PID permite que a temperatura se mantenha muito mais estável em comparação aos tradicionais controladores de temperatura on-off. Os controladores A103 PID também possuem uma saída com funções de temporização. Esta saída pode ser utilizada para acionar um motor e realizar a viragem dos ovos automaticamente em ciclos de tempo predeterminados. O modelo A103 PID faz parte da Linha Black e por isso possuem diversos recursos extras, como as duas formas de fixação (presilhas ou parafusos), teclas de atalho configuráveis, entre outros. Instalando o controlador A103 PID Antes de instalar o controlador de temperatura na chocadeira é necessário se certificar de que o aparelho é compatível com a rede elétrica. O controlador A103 PID pode ser instalado em redes 110V ou 220V, por exemplo. No entanto, existem versões do aparelho que exigem a seleção manual da tensão através da ligação elétrica, enquanto outros modelos possuem seleção de tensão automática e um único modo de ligação elétrica. No vídeo abaixo demonstramos como instalar o controlador em uma rede 220V. O modelo utilizado é um A103 PID com seleção manual de tensão (110V ou 220V). De acordo com o vídeo podemos ver como a ligação elétrica do controlador A103 PID é simples. Abaixo listamos o esquema elétrico das três versões disponíveis, apresentadas ao final do vídeo: A103 PID - Seleção de tensão manual em 220V A103 PID - Seleção de tensão manual em 110V A103 PID - Seleção de tensão automática (85V a 264V) A Ageon recomenda que seus produtos sejam instalados por profissionais qualificados. Em caso de dúvidas na instalação, configuração ou utilização, entre em contato com o suporte técnico Ageon através dos seguintes canais:(48) 3028-8878(48) 99996-0430Ou entre em contato por Whatsapp clicando aqui.

Linha Black: os novos controladores de temperatura da Ageon

14/08/2019 - Refrigeração
Os controladores de temperatura da Linha Black chegaram ao mercado com muitas novidades. São diversos recursos para facilitar a instalação, a configuração e a utilização dos controladores. Neste post você vai conhecer os principais detalhes da Linha Black e perceber como essa linha se destaca dos controladores de temperatura convencionais. A primeira impressão é a que fica Em primeiro lugar vamos falar de algo que é percebido logo de início: o design da Linha Black. Seu painel frontal possui acabamento diferenciado, trazendo mais sofisticação para o produto onde será instalado. Seja uma geladeira expositora de bebidas ou uma chocadeira, por exemplo, o produto final ganha pontos em estética ao utilizar um controlador da Linha Black. Além disso, por trás do acabamento de acrílico há um painel emborrachado, que dá ao frontal o grau de proteção IP65 (contra jatos d'água). Esses aparelhos possuem 6 teclas. Isso é mais do que a maioria dos controladores convencionais. E por que possui mais teclas? A resposta é simples: facilitar a vida de instaladores e dos usuários. Por possuir mais teclas, a configuração dos controladores da Linha Black se torna mais fácil e rápida. Da mesma forma, esse número de teclas faz com que a utilização seja ainda mais simples, pois permite acesso mais rápido às principais funções do aparelho. Configuração rápida com a FastKey Além das teclas do painel, há outra novidade que facilita a configuração dos controladores da Linha Black. A nova chave de programação FastKey permite configurar um grande número de controladores em um curto período de tempo. Com a FastKey, é possível copiar a configuração de qualquer controlador da Linha Black para outros controladores do mesmo modelo. Este recurso é ideal para fabricantes que possuem grandes volumes de produtos configurados da mesma forma, pois agilizam muito a parametrização dos aparelhos. Duas formas de fixação: presilhas ou parafusos Grande parte dos controladores convencionais possui a fixação por presilhas. Apesar de ser um processo eficaz, nem sempre é o modo mais fácil para o instalador. Pensando nisso, os controladores da Linha Black possuem uma segunda forma de fixação. Agora é possível fixar os controladores sem ter acesso à sua parte traseira, utilizando parafusos. A imagem acima demonstra ambas as opções de fixação. O instalador poderá optar pela alternativa mais adequada de acordo com cada situação. Ligação elétrica com bornes ou terminais Faston Outra facilidade dos controladores da Linha Black está na sua ligação elétrica. A maioria dos controladores de temperatura do mercado utiliza a ligação por bornes. Embora eficaz, esse processo exige alguns cuidados de segurança que exigem certo tempo dos instaladores. Por esse motivo a Linha Black possui modelos com ligação via terminais Faston. Os controladores com terminais Faston facilitam as conexões na linha de montagem, pois não há necessidade de se utilizar chaves de fenda/Philips. Basta crimpar os terminais com um alicate crimpador ou prensa terminal e plugar no terminal do controlador. Um diferencial do Faston em relação ao borne convencional é a robustez da conexão. Caso um borne não seja parafusado corretamente, o cabo/fio poderá ficar levemente solto e consequentemente gerar um mau funcionamento do sistema, o que pode gerar um curto-circuito. No caso do Faston, a ligação permanece firme e segura. Controladores para refrigeração com Modo Econômico Os controladores de temperatura da Linha Black destinados para refrigeração possuem ainda outro recurso. É o Modo Econômico, ou seja, uma função para economia de energia elétrica. De modo geral, o Modo Econômico permite elevar a temperatura de setpoint em determinadas situações. O modelo A106, por exemplo, possui uma entrada digital para sensor de porta. Por isso é possível configurar o aparelho para entrar em modo econômico quando a porta permanecer fechada por determinado tempo. Em modelos que não possuem entrada digital, como o A102, é possível ativar e desativar o modo econômico pressionando uma tecla em seu painel frontal. Mais sobre os controladores da Linha Black A Linha Black será lançada em primeira mão pela Ageon na Febrava 2019. Entre os modelos disponíveis atualmente estão o A102, A103 PID e A106. O modelo A102 é indicado para refrigeração ou aquecimento. Possui um sensor de temperatura e uma saída a relé. Se utilizado para refrigeração, permite a configuração de degelo por parada do compressor. O modelo A103 PID é indicado principalmente para chocadeiras e incubadoras. Possuem controle PID de temperatura para maior estabilidade e precisão através de uma saída TRIAC. Também possuem uma saída a relé com funções de temporização e um sensor de temperatura. Ainda possui teclas que facilitam a utilização da chocadeira, como a tecla A para habilitar/desabilitar o motor de viragem, por exemplo. Já o modelo A106 é indicado para sistemas de refrigeração com degelo elétrico ou por gás. Ele possui uma saída a relé para refrigeração, uma saída para ventilação e uma saída nA/nF para degelo. Possui dois sensores de temperatura, um para o ambiente e outro para degelo. Além disso, possui entrada digital para sensor de porta. Deixe seu comentário sobre este post no formulário abaixo.

Como fixar o sensor de temperatura no resfriador de leite?

17/07/2019 - Refrigeração
Você possui problemas de congelamento no tanque resfriador de leite? Ou seu termostato apresenta problemas com pouco tempo de uso? Talvez a solução para ambos os casos esteja na fixação do sensor de temperatura. No post abaixo você verá como a fixação incorreta do sensor pode interferir no funcionamento do tanque de leite e também como é a forma correta de fixar o sensor. Problemas da fixação incorreta do sensor de temperatura Em primeiro lugar é importante esclarecer o quanto a fixação incorreta do sensor pode ser prejudicial ao equipamento. Em muitos casos o sensor é instalado dentro do tanque e fica em contato direto com o leite. Apesar de muitos sensores serem resistentes à submersão, não é uma boa prática mantê-lo em contato direto com líquidos. São vários os motivos para esta recomendação, mas vamos focar em apenas um: a integridade do sensor. Durante a instalação o sensor de temperatura pode sofrer alguns danos. Acontece que um sensor de temperatura, mesmo que resistente à submersão, pode sofrer com a ação de umidade e oxidação caso esteja danificado de alguma forma. Por isso é extremamente recomendado não pressionar ou perfurar o sensor. Em alguns casos os danos não são visíveis, porém ainda assim prejudicam o sensor. O resultado disso é uma leitura incorreta de temperatura, que pode causar inclusive a perda de todo o leite presente no tanque. Outro tipo de instalação incorreta é a fixação do sensor diretamente na parede externa do tanque. Existem casos em que o sensor é colado à parede do tanque e são utilizados alguns recursos para que haja um isolamento térmico. Geralmente são utilizadas fitas ou isopor, por exemplo, diminuindo o contato do sensor com o ar. O problema desse tipo de situação é que a temperatura medida pelo sensor não corresponde à temperatura real do leite. Isso ocorre porque, por mais que haja uma tentativa de isolamento térmico, estes métodos não são eficientes. Dessa forma, o sensor costuma apresentar uma temperatura maior do que a temperatura do leite. Como resultado, são comuns problemas de congelamento do leite. Como fixar o sensor corretamente? Uma das possíveis soluções para evitar os problemas citados acima é a utilização de um poço termométrico. O poço termométrico permite a medição da temperatura de líquidos sem o contato direto com o sensor e de uma forma confiável. Os poços termométricos são fabricados em materiais metálicos, já que estes materiais são bons condutores térmicos. Assim, mesmo sem contato com o líquido, o sensor identifica uma temperatura muito mais próxima à temperatura real do leite. Como não há submersão, os problemas com umidade também são muito menos prováveis. A instalação de um poço termométrico é bastante simples. Basta furar a parede lateral do tanque e fixar as duas partes. A maioria dos poços termométricos possuem vedação de anéis de borracha para evitar o vazamento de líquidos. Após fixado, basta inserir o sensor no poço termométrico. A imagem abaixo demonstra como realizar esta instalação: Muito mais do que o sensor de temperatura Para que o tanque resfriador de leite funcione perfeitamente não basta se atentar apenas ao sensor de temperatura. É necessário também observar o funcionamento do agitador, por exemplo, ou ainda proteger o compressor em caso de variações de tensão. Por isso é tão importante selecionar um termostato de qualidade. E é nesse ponto que a Ageon pode ajudar. Os termostatos digitais da Ageon para resfriadores de leite fazem o acionamento automático do compressor para manter o leite sempre na temperatura correta. Além disso, também possuem uma saída para acionamento do agitador e monitor de tensão incorporado para proteção do equipamento. São dois formatos disponíveis: o modelo G104 Color, em formato retangular e com frontal resistente a jatos d'água, e o modelo H104 Color, com formato exclusivo que permite a instalação através de furo serra copo. O que achou deste post? Deixe seu comentário abaixo.

Como monitorar a temperatura via internet com o ArcSys Cloud?

31/10/2018 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Refrigeração
O ArcSys Cloud é uma plataforma na nuvem que permite monitorar a temperatura dos seus controladores pela internet. Ele traz diversas vantagens, como rapidez, praticidade e segurança, por exemplo. Neste post você verá como realizar o primeiro acesso no ArcSys Cloud para monitorar a temperatura via internet.   O que você vai precisar? Antes de mais nada vamos entender o que é necessário para utilizar o ArcSys Cloud. Se você deseja apenas monitorar a temperatura dos seus equipamentos, você precisará de um dispositivo ArcSys. Esse aparelho possui três sensores de temperatura que podem ser fixados nos locais que exigem o monitoramento. No entanto, caso você deseje algum tipo de controle (como o acionamento de um compressor ou resistência), é preciso também um controlador Web da Ageon.   Como funciona o ArcSys Cloud? Para ter acesso à temperatura dos seus equipamentos online, primeiramente seu dispositivo ArcSys deve estar instalado e conectado à internet. O procedimento é bem simples, porém você pode baixar o guia rápido de instalação do ArcSys em caso de dúvidas. O dispositivo ArcSys envia as informações dos sensores e controladores (se houverem) para a nuvem. Dessa forma, as informações podem ser acessadas através do navegador de internet de qualquer dispositivo, como um celular, tablet ou computador. Além de monitorar a temperatura via internet, é possível alterar os parâmetros dos controladores, gerar gráficos e configurar alarmes por e-mail. Tudo isso de forma rápida e online.   Primeiros passos para monitorar a temperatura via internet Depois que o dispositivo ArcSys estiver instalado e conectado à rede, você pode identificar seu endereço MAC. Esta informação pode ser obtida acessando o ArcSys localmente, no menu Configurações, na aba Conexão Local (LAN). 1 - Acesse o ArcSys Cloud e informe o endereço MAC identificado anteriormente. Clique em Próximo e em seguida informe os dados para criação da sua conta. 2 - Você receberá um e-mail de confirmação com um link para ativar sua conta. Clique no link para ser redirecionado e, posteriormente, clique em Aceitar Termos. 3 - Você receberá um e-mail com um código de acesso, que deve ser inserido na aba ArcSys Cloud, na página de Configurações ao acessar o ArcSys localmente. Habilite o envio de informações e clique em Salvar. 4 - Pronto! Você já pode acessar o ArcSys Cloud para selecionar o plano do seu interesse e começar a monitorar a temperatura dos seus equipamentos online. *** Que tal começar agora mesmo a monitorar a temperatura dos seus controladores? Deixe seu comentário abaixo.

ArcSys V4 – Melhoramos o que já era ótimo

01/02/2018 - Aquecimento, Aquecimento Solar, Automação, Charcutaria e Homebrewing, Chocadeiras, Refrigeração
Começamos 2018 com uma grande novidade: o ArcSys V4. A nova versão do sistema de monitoramento da Ageon está ainda melhor, mais robusta e mais completa. Neste post você vai conhecer os novos recursos e perceber o quanto é simples monitorar a temperatura dos seus equipamentos. O que é o ArcSys? É o sistema de monitoramento de temperatura da Ageon. Foi lançado em 2013 e desde então vem ganhando novas funcionalidades e recursos de acordo com as necessidades do mercado. O ArcSys pode ser ligado a até 32 controladores da linha Web da Ageon. Dessa forma é possível acompanhar a temperatura dos seus equipamentos a partir de qualquer local utilizando um celular, tablet ou computador conectado à internet. Além do monitoramento, o ArcSys permite alterar os parâmetros dos controladores à distância. Também permite gerar relatórios em forma de gráficos ou tabelas e configurar alarmes por e-mail. Tudo isso diretamente no navegador de internet, sem a necessidade de instalar programas ou manter um computador ligado 24 horas/dia. Quais as novidades do ArcSys V4? A nova versão do ArcSys possui diversos novos recursos, novas funcionalidades e melhorias de usabilidade. Nova interface As mudanças já se iniciam pela aparência. O ArcSys está de cara nova, com uma interface completamente remodelada. Mais limpa e clara, a nova interface está ainda mais intuitiva. A identificação por cores se manteve a mesma: Os controladores em função de aquecimento são exibidos em vermelho. Os controladores em função de refrigeração são exibidos em azul. Os controladores em estado de degelo são exibidos em laranja. Os controladores em estado de alarme são exibidos em amarelo. Layout Responsivo O ArcSys pode ser acessado de diversos tipos de dispositivos. Você pode acessá-lo através de um computador no escritório ou de um celular em casa, por exemplo. Por esse motivo seu layout agora é responsivo, ou seja, se adapta a qualquer tamanho de tela. Dessa forma, independente do dispositivo utilizado, a facilidade de uso se mantém e todas as informações são apresentadas com a mesma clareza. Sensores locais Uma das principais novidades é a inclusão de sensores locais no ArcSys. O que isso significa? Significa que é possível monitorar a temperatura de até três ambientes ou equipamentos sem a necessidade de nenhum controlador. Conectando os sensores ao aparelho é possível visualizar as temperaturas e configurar alarmes. Na tela de monitoramento os sensores locais são exibidos na cor verde. Relatórios de temperatura mínima, máxima e média Outro recurso muito útil do ArcSys V4 é uma nova forma de relatório. Além do relatório em  gráfico ou tabela exibindo a variação de temperatura ao longo do tempo, há outra opção. Agora é possível visualizar as temperaturas mínima e máxima de cada dia e o horário em que foram registradas. Além disso o sistema também calcula a temperatura média do período selecionado. Alterar parâmetros ficou mais fácil Várias melhorias de usabilidade foram incluídas no ArcSys V4 e alteração dos parâmetros dos controladores ficou muito mais simples. As opções de cada parâmetro são descritas conforme o manual do produto, com o código e a legenda (conforme imagem). A configuração dos alarmes também foi alterada. Agora os ajustes de alarme do controlador e do ArcSys foram unificados, facilitando sua configuração. Atualização simplificada A nova versão do ArcSys pode ser atualizada facilmente. Quando uma nova versão compatível for lançada, o usuário poderá realizar a atualização utilizando o cartão de memória que acompanha o produto. É um procedimento simples e fácil, que permite manter seu equipamento sempre com a versão mais recente. Outras informações Existem ainda diversas outras informações e melhorias presentes no ArcSys V4. Confira na lista abaixo: Opção de exportar relatório para Excel Gráficos com resolução de 0,5°C Compatível com todos os modelos de controladores Web da Ageon Informa a temperatura de todos os sensores de cada controlador na tela inicial Opção de linguagem em Português  do Brasil e Espanhol Separação de controladores por modelo na página de monitoramento (modo tabela) Campos retráteis na janela de configurações do controlador Popup informa quando o valor "0" se equivale a "off" no ajuste de parâmetros Assistente de SMTP e DDNS Evita a criação de usuários duplicados Conferência de data e horário após login Permite excluir controladores desativados Frequência de alarmes de 0 a 240 minutos Botão para desativar apoio em controladores para aquecimento solar Possibilidade de inserir logo do cliente *** O que você achou da nova versão do ArcSys? Deixe seu comentário, crítica ou sugestão abaixo.

Controladores para Aquecimento Solar: Posição dos Sensores

13/07/2016 - Aquecimento Solar
Os sistemas de aquecimento solar estão ganhando cada vez mais espaço nos lares brasileiros. Segundo relatório publicado pela Agência Internacional de Energia (IEA), o Brasil ocupa a quinta posição entre os países com maior área instalada de coletores para esta aplicação (Fonte: Dasol). Grande parte desses sistemas utiliza controladores de temperatura para realizar o acionamento automático da bomba e também do apoio. Um detalhe que interfere diretamente no controle de temperatura dos sistemas de aquecimento solar é a posição dos sensores. Os controladores utilizados nesses sistemas trabalham com base na diferença de temperatura entre os coletores e o reservatório. Assim, quando a temperatura da água nos coletores está muito acima da temperatura no reservatório, uma bomba de circulação é acionada até que essa diferença de temperatura diminua. Por este motivo estes aparelhos também são chamados de controladores diferenciais de temperatura. Alguns modelos ainda possuem um terceiro sensor, utilizado para o apoio. Um sensor de temperatura  mal posicionado pode fazer com que o sistema de aquecimento solar não funcione corretamente. Além da temperatura da água do banho ou da piscina ficar diferente da desejada, outro problema que o mal posicionamento do sensor pode causar é o acionamento excessivo da bomba ou do apoio, resultando em maior consumo de energia elétrica. Da mesma forma, pode acontecer o inverso, ou seja, a bomba e o apoio ficarem desligados quando deveriam estar acionados.   Posição correta dos sensores em sistemas de Aquecimento Solar Para evitar os problemas mencionados acima, é necessário que os sensores do controlador de temperatura sejam bem posicionados. Antes de mais nada, é importante que a ligação dos sensores no controlador seja feita de forma correta. No manual do seu controlador há um esquema elétrico que identifica os bornes específicos para o sensor dos coletores, do reservatório e do apoio (se houver). Trocar a ordem dos sensores interfere diretamente no controle, fazendo com que o sistema não funcione conforme o esperado. Em relação à sua posição, cada sensor tem suas próprias particularidades. Veja a ilustração abaixo: O sensor dos coletores (T1) deve ser posicionado na saída do último coletor. Este é o local onde a água está mais quente e é justamente desse ponto que a água é canalizada até o reservatório. O sensor do reservatório (T2) deve ser posicionado na saída do reservatório, na parte inferior do mesmo. É o ponto do sistema de aquecimento solar onde a água está mais fria, e deste local a água é canalizada até os coletores. Se o controlador diferencial de temperatura possuir apoio, recomenda-se que o sensor do mesmo (T3) seja posicionado no reservatório, próximo à saída de água para consumo. Quando a temperatura da água estiver abaixo do SetPoint configurado, o apoio é acionado. A Ageon recomenda a utilização de um poço termométrico em cada sensor, afim de protegê-lo. (Veja mais sobre este assunto no post "O que é e quando utilizar um Poço Termométrico?"). *** Possui alguma dúvida sobre a posição dos sensores do seu controlador de temperatura para aquecimento solar? Entre em contato conosco e ficaremos felizes em atendê-lo.