Aterramento do inversor de frequência: como fazer?

21/11/2018 - Inversores de Frequência

Aterramento do inversor de frequência como fazer

O aterramento é uma medida de segurança essencial para inversores de frequência e motores elétricos. É um procedimento obrigatório e deve ser realizado de acordo com as normas técnicas vigentes. Neste post vamos ensinar a forma correta de aterrar o inversor de frequência.

 

Por que fazer o aterramento do inversor de frequência?

Conforme citamos acima, o principal motivo para aterrar seus equipamento é a segurança dos utilizadores. O contato direto com partes metálicas de sistemas mal aterrados podem ocasionar descargas elétricas ao usuário. O cuidado deve ser redobrado quando se trata de sistemas com alimentação ou motores trifásicos, pois a descarga elétrica pode ser nociva ao corpo, levando em conta que motores geram muito ruído devido ao seu campo magnético gerado no seu funcionamento.

Um dispositivo aterrado possui menor risco de choques elétricos. O aterramento facilita o funcionamento dos dispositivos de proteção, como fusíveis e disjuntores, quando há aumento de corrente. Além disso, auxilia na dissipação da corrente de fuga vinda do motor.

 

Como aterrar o inversor?

O aterramento do inversor de frequência e do motor elétrico deve ser feito de forma separada, para que a corrente de fuga de um equipamento não interfira no funcionamento do outro. Os motores costumam possuir um terminal específico para aterramento, que é ligado à sua carcaça.

Não é recomendado ligar o terra do inversor ao motor. Cada equipamento deve ter contato com o aterramento individualmente. Caso o terra do motor esteja ligado ao terra do inversor e não haja conexão com o aterramento do local, todo o ruído gerado pelo motor irá para o inversor, prejudicando seu funcionamento.

Para aterrar o inversor de frequência existem diferentes maneiras de acordo com o modelo de inversor. Em alguns modelos o aterramento é feito através de parafusos em sua carcaça. Este é o caso dos inversores da Série XF, por exemplo. Esses inversores possuem dois parafusos para aterramento, conforme imagem abaixo.

Ligação do Aterramento - Inversor de Frequência Série XF

Já os inversores da Série YF possuem bornes específicos para conexão com o Terra de Proteção (TP). Os modelos da Série YF com alimentação monofásica possuem dois bornes para aterramento, enquanto os modelos com alimentação trifásica possuem um borne de conexão com o Terra de Proteção.

Ligação do Aterramento - Inversor de Frequência Série YF

Antes de instalar o inversor de frequência, atente-se aos seguintes itens:

  • Certifique-se que o local da instalação possua estrutura para aterramento;
  • Atente-se às normas técnicas para realizar a instalação elétrica;
  • Contrate um profissional qualificado para instalar e configurar seu inversor de frequência.

***

Este post foi útil? Deixe seu comentário abaixo.

Fique por dentro das novidades

Receba novidades dos assuntos do seu interesse diretamente no seu e-mail:

Comentários

Seja o primeiro a comentar o post "Aterramento do inversor de frequência: como fazer?"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas sobre Inversores de Frequência
Tire suas dúvidas sobre inversores de frequência. Veja como configurar, como instalar e como aproveitar todos os recursos dos inversores de frequência. Confira outras postagens.